Como testar um fusível

Fusíveis são acessórios de segurança do seu carro de máxima importância. Podemos dizer que eles são as “sentinelas” de todo o sistema elétrico de um automóvel. Excetuando o motor de partida, desde uma pequena lâmpada colorida do painel até o alternador do seu carro, existe um tipo de fusível de prontidão no meio do caminho do circuito.

“Basta uma ameaça de curto que eles interrompem a energia, explodindo por calor um filamento planejado como uma autodefesa.”

Todos eles são dimensionados cuidadosamente pelos engenheiros das fábricas para suas funções. Por isso, sempre substitua um fusível queimado por um idêntico para que não haja danos futuros. Quais? Os perigos de uma adaptação ou da famosa gambiarra.

Fusíveis mais usados.

Fusíveis mais usados.

Um fusível do seu carro queimou? Então pergunte-se: por que? Nenhum fusível queima sem motivo. Ele não “cansa” de ser fusível e simplesmente estraga. Algo o queimou e tem que ser descoberto caso contrário o outro vai queimar também e assim sucessivamente. Então, como testar um fusível?

Existem duas maneiras de saber se um fusível está queimado. A primeira é pelo visual, mas esse é um teste que pode enganar se o defeito não estiver evidente, como a foto abaixo.

Fusíveis de vidro queimados (carros mais antigos).

Fusíveis de vidro queimados (carros mais antigos).

No caso de carros mais novos o fusível usado é tipo lâmina e tem diversas cores que combinam com a amperagem.

Fusível tipo lâmina visivelmente queimado.

Fusível tipo lâmina visivelmente queimado.

A segunda maneira de se testar um fusível é com uma lâmpada de testes.

Pegue uma lâmpada de teste e acesse a caixa de fusível de seu carro. Normalmente ela fica embaixo, do lado esquerdo do motorista. Também pode ter mais uma no compartimento do motor. Prenda a garra do teste em uma parte metálica do veículo e encoste a ponta de teste nos dois lados do fusível. O fusível estará queimado se ascender em um lado e no outro não.

Leia também

SEGURO PARA UBER E OUTROS

No caso de não ascender nos dois lados, então é porque ele protege um circuito ainda não energizado (como farol, farolete etc). Acione estes acessórios e repita o teste. Se queimado, retire-o com a pinça própria e troque por um da mesma cor. Normalmente todo veículo novo tem fusíveis de reserva bem visíveis. MAS SE VOLTAR A QUEIMAR, NÃO INSISTA. TAMBÉM JAMAIS TROQUE A COR DO FUSÍVEL. (VEJA PORQUE AQUI)

MAXI FUSÍVEIS

Existem outros fusíveis, conhecidos como maxi fusíveis. ou fusíveis gigantes. São do mesmo formato, mas bem maiores, Quase sempre ficam no compartimento do motor, perto da bateria. Nesse caso devem ser testados em uma oficina, pois se houver um curto ele tem que ser resolvido de imediato. Nesse caso não podemos simplesmente trocar o fusível. Esse post é para fusíveis de acessórios, como faróis, seta, rádio etc.

A dica final é de sempre: trabalhe com segurança!

Que tal aprender a dar a manutenção básica no seu carro? Ou até aprender uma nova profissão, a de eletricista de automóveis? O Mãos ao Auto tem uma parceria com a Maik Elétrica Automotiva, e agora oferece um curso 100% online, com alta nota de avalição de quem já fez e com custo de apenas dois reais por dia! Tudo isso na maior plataforma de vídeo aulas do Brasil! Quer ser um motorista melhor e mudar sua vida? Saiba mais: clique aqui e siga o passo a passo.