Fusíveis do Corsa: esquema da caixa

O Corsa Chevrolet foi fabricado no Brasil de 94 até 2012. Nestes 18 anos conquistou o coração de muitos brasileiros, o que ajudou a fundar diversos clubes de aficionados desse modelo da montadora americana. Sua parte elétrica  (que é o assunto desse post) começou com uma característica: a simplicidade e durabilidade de seus componentes. A bateria, por exemplo, é a que tem maior vida útil do mercado. E é assim em todos os anos que o Corsa foi fabricado.

Quando uma bateria é durável, significa, também, que todo o sistema elétrico do carro não a maltrata, seja por ser simples ou por sua eficiência. Mesmo com o avanço tecnológico e com a introdução de novos acessórios, o Corsa pouco pecou em relação a seu sistema elétrico. Bem ao contrário de outros modelos, que ganharam muito consumo de energia em detrimento da parte elétrica. Se pesquisarmos um pouco, descobriremos que a Chevrolet sempre foi “bem vista” por reparadores com relação aos fios e aos circuitos projetados.

Fusíveis do Corsa: esquema da caixa

Listamos abaixo alguns links com os fusíveis e suas posições na caixa. Os manuais dos modelos mais antigos do Corsa estão cada vez mais raros, mas prometemos para a breve a postagem dos fusíveis da linha Corsa de 94 a 2003.

Fusíveis do Corsa

           Fusíveis do Corsa 94 a 99 (alguns modelos)

Fusíveis do Corsa: esquema da caixa

Fusíveis Corsa 2004

Fusíveis Corsa 2005

Fusíveis Corsa 2006

Fusíveis Corsa 2007

Fusíveis Corsa 2008

Fusíveis Corsa 2009

Fusíveis Corsa 2010

Fusíveis Corsa 2011

Fusíveis Corsa 2012