Conte 60 segundos. A cada minuto, um carro terá sido roubado ou furtado no Brasil – são quase 600 mil casos por ano. Some isso com as estatísticas de acidentes no trânsito, em que o Brasil ocupa a quinta posição mundial, e fica fácil entender por que é importante escolher o melhor seguro automóvel. 

Dica: no final do texto falaremos como conseguir uma cotação boa e barata de seguro de automóvel. Se já quiser adiantar, é só preencher esse fomulário aqui

Como é calculado o valor do seguro automóvel

O primeiro componente da equação é o valor do próprio veículo que será segurado – quanto mais caro, maior será o gasto com seguro. Além disso, as empresas fazem uma análise de risco do cliente, calculando assim quanto custaria um serviço.

É por isso que o seguro para motoristas mais jovens ou que acabaram de tirar carteira costuma ser mais caro que o seguro para motoristas experientes. O estado civil do motorista também pode influenciar nessa questão, já que estatisticamente solteiros(as) se envolvem em mais acidentes do que os casados(as). A mesma coisa vale para o sexo: homens, principalmente os jovens, pagam mais caro que mulheres pois se envolvem em mais acidentes.

O endereço do segurado também pesa – se é um bairro com maior índice de furtos o preço sobe, por exemplo. E se determinado veículo tem um índice de furtos maior que outro, o seguro para aquele modelo também custará mais caro. Esse é um fator importante a se considerar antes de escolher e comprar um carro.

Por fim, uma coisa que pode pesar na hora da renovação, embora não afete na contratação do seguro pela primeira vez, é o histórico do motorista. Quem utiliza pouco o seguro costuma conseguir condições mais favoráveis do que aquele motorista que aciona o seguro frequentemente.

Veja também: Como economizar na manutenção do seu carro
Conheça algumas luzes do painel e seus significados
Sistemas antifurto e três dicas contra ladrões de carros  

Seguro contra terceiros: tenha umz

O número dá medo. Segundo o Correio Brasiliense, cerca de 80% da frota de veículos brasileira circula sem seguro. Isso significa que de 10 veículos que podem se envolver num acidente com o seu carro, oito deles não estão segurados. Percebeu a necessidade de ter também um seguro contra terceiros? Uma cobertura sem essa opção fica mais barata, óbvio. Mas é o típico barato que pode custar muito caro. 

Melhor seguro automóvel: qual cobertura você precisa?

Cuidado com ofertas tentadoras e preços muito baixos. Uma coisa é achar o melhor custo/benefício, outra bem diferente é contratar um seguro cujo valor é muito menor do que o dos concorrentes. Se optar por esse caminho, leia atentamente as letras miúdas do contrato. Verifique qual a cobertura – há proteção contra terceiros? E em caso de fenômenos naturais, como granizo, você estará coberto? Qual o valor da franquia?

Melhor seguro automóvel

Granizo?

Claro, uma ideia interessante é fechar um plano que atenda suas necessidades, evitando coberturas que só encarecem o produto, mas que você nunca usaria ou não precisaria. A crise derrubou o número de carros segurados, mas isso trouxe pelo menos uma boa consequência: nos últimos anos chegaram ao Brasil empresas que oferecerem seguros mais econômicos. Para isso, elas eliminam coberturas que poderiam ser consideradas supérfluas – por exemplo, o carro extra que a seguradora empresta em caso de acidente ou furto com o seu. Avalie o que você realmente precisa e leia o contrato com atenção antes de fechar o negocio. 

Opte por empresas conhecidas

Outro problema é quando você nunca ouviu falar de uma seguradora. Tudo bem, pode ser nova no mercado. Mas se você nunca ouviu falar de uma empresa, o primeiro passo é pesquisar a reputação dela. Um bom local para fazer isso é no site do Reclame Aqui, que tem uma página só para seguradoras. Claro que uma boa avaliação ali não é a única garantia na hora de escolher determinada empresa, mas já ajuda (e muito) no processo. 

Por fim, optar por empresas conhecidas, com décadas de mercado, é sempre um caminho interessante e que ajuda a garantir a solidez do negócio. A Porto Seguro, a Allianz Seguros e a Sulamerica são algumas das mais tradicionais, assim como as empresas ligadas a bancos, como a Itáu e a Bradesco Seguros. Em 2013, uma pesquisa feita com mais de cinco mil usuários e divulgada pela Revista Exame elencou os cinco melhores seguros de automóveis do país. Foram as seguintes:

  • Porto Seguro
  • Allianz
  • Itaú Seguros
  • Marítima
  • HDI

Vale lembrar que esse ranking foi feito há cinco anos (não existe um mais atual). E, claro, que ele não necessariamente corresponde à sua realidade. É preciso ver qual o melhor seguro automóvel para a sua situação, que é única. 

Faça a cotação online (em dois minutos)

Uma dica simples para auxiliar na escolha do seu seguro de automóvel: basta comparar online o preço de várias seguradoras e as coberturas oferecidas. 

Para isso, nossa dica é que você use o site Compara Online, que é um dos maiores comparadores de preços do Brasil. Por ali você consegue, ao mesmo tempo, orçamentos de diversas seguradoras do mercado, todos feitos especificamente para seu veículo. Em segundos você vê qual a cobertura mais barata e vantajosa para você.

O passo a passo é simples e em dois minutos você consegue dezenas de orçamentos ao mesmo tempo, de todas as grandes seguradoras do mercado:

  1. Clique aqui. Aperte o botão azul (cotar seguro).
  2. Informe a placa do seu carro – isso é importante porque afeta o valor que as seguradoras conseguem oferecer. Se for um veículo zero km, basta informar que é sem placa.
  3. Nas telas seguintes você precisa informar a marca do carro (Ford, Fiat, Volkswagen, etc), o ano de fabricação e o do modelo, a versão (Ka, EcoSport, Fiesta, etc), o tipo de combustível e se está ou não financiado.
  4. Agora basta falar sobre o uso: se é de lazer ou trabalho, a média de quilômetros percorridos por dia e se tem garagem fechada.
  5. No último passo, o Compara Online pede seu CEP (o endereço também altera o valor), seu CPF e outros dados pessoas básicos.
  6. Pronto! Agora é só escolher se você quer que o corretor faça contato por WhastApp ou por ligação telefônica. Também é possível continuar a consulta sem pedir a ajuda de um corretor.
  7. Na tela seguinte você já verá vários orçamentos. Note que você pode filtrar pelo tipo de cobertura, valor da franquia e quais seguradoras você quer (ou não) incluir.

Já decidiu? Dá pra finalizar o negócio ali mesmo, basta apertar o botão comprar no seguro escolhido. Se ainda precisa de ajuda, os corretores da Compara Online atendem por WhatsApp, o que pra gente foi de uma facilidade incrível.

Simples, né?