Essa é uma dúvida comum de quem gosta de consertar seu automóvel: qual é o positivo e negativo de uma lâmpada de carro. Trocar uma lâmpada assim é o típico serviço que podemos realizar sem precisar de um profissional – dos carros mais comuns. Somente no caso de lâmpada de farol mais moderno é que devemos conferir a posição da lâmpada com máquina de regulagem de faróis.

Na maioria das vezes o encaixe da fiação é automático através de tomadas com positivo e negativo das lâmpadas nos seus lugares. É assim para facilitar o serviço e não haver risco de curto no circuito. Já nos carros mais antigos, tínhamos que saber qual era o positivo e negativo da lâmpada e montar com atenção.

Uma lâmpada de carro não tem polaridade. Conseguimos acender ela invertendo os fios em qualquer posição ou terminal dela. Mas isso seria em teste de bancada. O problema é que a fiação do carro tem um positivo para cada acessório e um negativo único para o conjunto. Por exemplo: no farol temos o positivo da seta, outro dos faroletes, farol baixo e um para o alto. Mas o negativo ou terra é único para todos. Por isso não podemos inverter, pois pode  produzir um curto e queimar fusíveis. Pode haver o encontro das correntes.

Qual é o positivo e o negativo de uma lâmpada de carro?

Devemos saber onde ligar o negativo e o positivo na lâmpada. As de seta, freio, alguns faroletes, tem o negativo e positivo iguais, na mesma posição. Nesses casos, o negativo é na carcaça da lâmpada e o positivo fica em terminais isolados, quase todos na base dessas lâmpadas. Em alguns casos mais raros isso é invertido, mas na fiação ou tomada, como no caso da seta de alguns modelos da Ford.

VEJA AQUI QUAIS SÃO OS POSSÍVEIS DEFEITOS EM UM FAROL

No caso de lâmpadas de faróis existem algumas diferenças. Além de modelos de lâmpadas diferentes, podemos ter um, dois, ou três pólos ou pinos. Somente no caso das lâmpadas H1 e H4 é que temos negativo na lâmpada que tem que ser respeitado. No caso da H1 o aterramento é feito na carcaça com fio a parte da tomada, mas conectado dentro do farol, perto da lâmpada. Por isso ela tem apenas um terminal, que é onde vai ser ligado o positivo.

lâmpada de carro

Repare a lâmpada H1 e o terminal único para o positivo.

No caso da H7, de dois terminais, inverter a lâmpada no farol não impede de acender. Porém vai fica de cabeça para baixo e o farol desfocado. Ela tem uma posição correta, com um marca nítida na carcaça. Na grande maioria dos faróis ela fica para cima em relação ao farol. veja na imagem abaixo.

lâmpada de carro

Repare o “dente” que serve como referência na instalação no farol

Temos então o caso da lâmpada de carro conhecida por H4. É uma das mais antigas e ainda muito usada nos modelos nacionais. Tem três pinos e duas fases: farol alto e baixo na mesma peça. Olhando na parte de trás dela identificamos os positivos e o negativo. Na imagem abaixo, repares pinos. O primeiro da esquerda é o negativo da lâmpada. O de cima é o positivo da farol baixo. O último a direita é onde se liga o positivo do farol baixo.

lâmpada de carro

Como dito mais acima, é essencial que cada corrente esteja ligada de maneira correta, principalmente nos carros mais modernos onde temos um conjunto ótico mais complexo e eletrônica embarcada. Na dúvida, leve até um profissional para realizar a troca. Mas basicamente temos um sistema bem óbvio para realizar o serviço. lembre-se de depois pedir uma conferida na posição da lâmpada realizando uma regulagem de farol.

Você precisa de um seguro de automóvel que seja bom, eficiente, mas que não custe os olhos da cara? O Mãos ao Auto tem uma parceria com a Espínola Corretora de Seguros, que tem anos de experiência e trabalha com os principais seguros do mercado - e garante preços muito bons. Para fazer um orçamento, basta clicar aqui e preencher esse formulário. Nós encaminharemos seu pedido para a corretora, que entrará em contato trazendo a melhor oportunidade para você.