Corpo de borboleta é uma peça de carros modernos que mais se aproxima do antigo carburador. Isso na aparência e na entrada de ar. Inclusive os primeiros eram acionados como um carburador: através de um cabo preso ao pé do acelerador até o motor de passo. Foi no início da era eletrônica automotiva no Brasil. A injeção eletrônica, como é conhecida hoje, foi se instalando aos poucos, aproveitando peças do sistema antigo. Podemos chamar o corpo de borboleta moderno de : “acelerador eletrônico”. Também chamado de TBI. De fato, o corpo de borboleta foi uma grande evolução nos nossos automóveis.

Qual é a função do corpo de borboleta?

Ele regula a passagem de ar para o motor. Por isso ele fica conectado ao filtro de ar de um lado, e do outro se liga a admissão do motor. Sua posição é mais uma aparência com o antigo carburador. A quantidade de ar (massa de ar) que passa pelo corpo de borboleta é enviada para a central de injeção que calcula a quantidade de combustível a ser enviado. Tudo em busca de uma mistura ideal, mais pura e eletronicamente calculada. Antigamente o carburador cumpria todas essa funções, o que aumentava a margem de erros na mistura e aconteciam as famosas “regulagem de carburador”. Hoje, o motor deveria rodar perfeito, “ronronando”, como alguns profissionais relatam.

corpo de borboleta

TBI moderno

Defeitos no corpo de borboleta

Na maioria dos carros a luz de injeção eletrônica acende quando o corpo de borboleta apresenta defeito ou não funciona adequadamente, que é o que mais acontece. Por isso, trocar o corpo de borboleta porque um Scanner acusou defeito nele pode não ser a solução do caso. Muitas vezes a troca é feita e a luz acende novamente. Por que isso acontece?

De fato o Scanner tem que ser usado para saber a origem do problema. Acusando o corpo, alguns testes devem ser feitos. O primeiro é na tomada dele. Os mais modernos possuem uma tomada (ou mais) com vários pinos que costumam afrouxar acontecendo um mau contato. Nesse caso a luz da injeção acende, o motor do carro começa a falhar, e apaga. Quase sempre essa situação acontece com o carro em velocidade mais alta ou aceleração forte. É nesse momento que acontece o mau contato por trepidação.

VEJA AQUI um exemplo DESSE PROBLEMA

Mas outros problemas podem acusar defeito no copo de borboleta. Sujeira é um deles. Por ali passa ar e ele pode sujar por causa de filtro de ar ruim, ou simplesmente por muita sujeira vinda do ambiente externo. Também pode ter retorno de óleo pela admissão. Por isso a limpeza de TBI é famosa e pode resolver o problema, mas deve ser feita em oficina apropriada. Já o caso de troca de corpo de borboleta envolve problemas internos nele. Por ali existem engrenagens que podem se desgastar com o tempo e uso. Assim sendo, somente um troca da peça resolve.

 

corpo de borboleta

A limpeza do corpo de borboleta deve ser feita em oficina especializada

Por fim, vale sempre lembrar a necessidade da troca periódica do filtro de ar, de combustível e verificação do suspiro de ar. O avanço tecnológico é algo muito bom. Mas o número de peças eletrônicas e mais sensíveis aumentou. Por isso uma revisão geral de certas peças do motor é essencial.

Você precisa de um seguro de automóvel que seja bom, eficiente, mas que não custe os olhos da cara? O Mãos ao Auto tem uma parceria com a Espínola Corretora de Seguros, que tem anos de experiência e trabalha com os principais seguros do mercado - e garante preços muito bons. Para fazer um orçamento, basta clicar aqui e preencher esse formulário. Nós encaminharemos seu pedido para a corretora, que entrará em contato trazendo a melhor oportunidade para você.