Muitos motoristas usam o pisca-alerta para qualquer motivo que ele acha que deva “alertar” outros. Alguns o usam apenas para demonstrar que estão em baixa velocidade. Outros não se lembram da existência dessa acessório em seu carro. Quando precisam dele, sequer sabem onde ele fica.

pisca alerta com defeito

Pelo menos esse problema de não saber onde se aciona o pisca-alerta foi resolvido com uma tecla colorida com o bom e velho vermelho gritante. Mas e quando precisamos dele, sabemos onde ele fica, e acontece de não funcionar, o que pode ter ocorrido?

Pisca-alerta. Defeitos mais comuns.

  • Tecla do alerta. Por incrível que pareça esse é o primeiro teste que você deve fazer. É fácil de testar, além de ser o defeito mais comum do pisca-alerta e setas. Mexa na tecla várias vezes em várias posições. Se o alerta voltar a funcionar tente limpar as beiradas da tecla. A outra solução para tecla com defeito é a troca dela ou do comando inteiro.
  • Fusível. Procure pelo fusível do pisca-alerta no manual do carro ou na tampa da caixa de fusível. O símbolo dele é o mesmo do triangulo vermelho da foto acima. Se estiver queimado, troque-o por outro da mesma cor. Se queimar novamente, então existe um curto e o carro deve ser levado a um profissional.
  • Relé de seta queimado. Outro teste fácil. Ligue a seta, se ela funcionar o relé está bom. Ele pisca tanto a seta como o pisca alerta. (na grande maioria dos carros).

Estes são os defeitos mais comuns do pisca-alerta e ao alcance de qualquer um para resolver. Outros possíveis defeitos, somente um eletricista capacitado conseguirá a solução segura e adequada.

Please follow and like us: