Como assim um fusível pode ser o errado? Por causa da potência envolvida. Quanto maior a potência, ou consumo, do acessório do seu carro, maior é a potência do fusível de proteção.  O fusível que protege o farol do seu carro vai ser mais forte do que o que protege a luz de posição (farolete). Já o da ventoinha do radiador vai ser mais potente do que o que protege o farol pelo mesmo motivo, e assim por diante em todo o circuito elétrico do seu carro.

Onde está o possível erro que podemos cometer? Na troca da amperagem original, calculada pela fábrica para cada acessório. Muitas vezes o fusível queimado é de cor vermelha (10A) e substituímos por um azul (15A), por exemplo. Fica óbvio o problema. Se o fusível queimou algo causou isso. Pode ser até um acidente. Mas se for um curto, ou algo esquentando por defeito, um fusível mais forte vai aguentar mais e pode queimar o acessório antes do fusível e até subir fumaça dentro do carro. O fusível perde parte da sua função de proteção.

Como trocar um fusível do seu carro

Se nos carros antigos isso já era perigoso, nos carros mais novos é bem mais complicado. Temos hoje eletrônica embarca e quase todos os sistemas. Os computadores de bordo vigiam quase todas as lâmpadas do seu carro e podem queimar ante do fusível, como dito acima. O resultado é a troca dele a um custo bem alto. Por isso a importância de saber como trocar o fusível do seu carro.

Os circuitos ainda estão interligados, enviando sinais ou diretamente a um componente. É assim no caso da central da injeção eletrônica. Algumas delas comandam até o funcionamento da ventoinha do radiador, um dos mais potentes acessórios elétricos do seu carro. A função do seu fusível é interromper a corrente por qualquer anomalia elétrica, conforme foi projetado pela fábrica.

Como trocar um fusível do seu carro

Como trocar um fusível do seu carro

  • Tenha o manual do carro em mãos. Se não for possível, verifique atrás da caixa de fusíveis se existe um “mapa” deles e de suas funções.
  • Tenha sempre fusíveis reserva. Quase sempre existe um lugar para eles na caixa de fusíveis ou atrás da tampa
  • Use um alicate de bico ou a pinça original de plástico para retirar e recolocar um fusível
  • Teste o fusível em questão ou – em dúvida – testes todos. Veja AQUI como fazer um teste de fusível.
  • Se for caso de troca, respeite o código de cores. Repita a cor e confira o número escrito neles. Não use fusível de outra cor ou amperagem, como explicado acima.
  • Se ele queimar novamente, não insista, pois existe um curto-circuito. Procure um eletricista para descobrir e consertar o defeito.
  • Para testar, ligue a chave. Para retirar e trocar o fusível, desligue a chave do carro
  • Não retire o fusível  o fusível Shunt da BSI, se houver um no seu carro. Isso pode desregular alguns acessórios como a bomba de combustível.
Please follow and like us:
Como trocar um fusível do seu carro Um fusível errado pode ser perigoso!"> Share