A maioria dos motores de automóveis são a combustão de gasolina ou álcool, ou os dois. Para que ocorra a queima temos várias peças. Entre elas a vela de ignição, a responsável final pela explosão do combustível. Até em carros a gás (GNV) a vela de ignição é fundamental. A função de explodir explica o nome dessa peça: vela de ignição, e é assim desde que foi inventada. Seu formato também pode lembrar uma vela comum. Em inglês é conhecida como “sparking plug” ou plugue de faísca.

É exatamente esta faísca que caracteriza sua função de explodir ou iniciar a ignição para que o motor do seu carro funcione. Por isso ele também é conhecido por motor a explosão. A localização das velas é no bloco do motor, atarraxada nele e com um cabo elétrico em cima. São os cabos de velas. Cada cilindro do carro tem uma o que define o número de velas de ignição de um motor.

Como funciona?

O princípio básico é o mesmo de quando foi inventada. Uma corrente elétrica de alta tensão vem da bobina e é distribuída pelos cabos. Como a vela já está aterrada no bloco, ocorre a faísca e a explosão do combustível. Nos carros mais modernos o princípio é o mesmo. Porém, a eletrônica é usada em larga escala eliminando o distribuidor, rotor, etc. A bobina continua existindo, mas com novas tecnologias. Alguns modelos possuem uma bobina por cilindro ou por vela de ignição.

Nesse caso, de carros mais modernos, um defeito em vela, cabo ou bobina, pode acender a luz de injeção e ser diagnosticado com um scanner automotivo ou um computador apropriado.

Defeitos e sintomas

Já no caso de carros mais antigos, sem a tecnologia de injeção de última geração, alguns sintomas podem ser observados pelo motorista no caso de falha. São eles:

  • Aumento de consumo de combustível. Se tem muito tempo que as velas não são trocadas o consumo pode aumentar sem o carro simplesmente falhar. A troca das velas e cabos melhora muito a economia de combustível.
  • Carro falhando. também é conhecido por “motor rateando ou mancando”. Quando na lenta parece que vai apagar. Mas ao acelerar o motor, ele fica “soprando”. isso acontece porque uma ou duas velas podem falhar e o carro fica sem o cilindro correspondente. As velas e cabos devem ser trocados.
  • O carro simplesmente não pega. Mas nesse caso ou ele já vem falhando ou pode ser defeito na bobina (s).

Vela de Ignição

Na prática as velas devem ser trocadas dentro da manutenção programado do motor. O manual do carro sempre informa quando deve ser. Na falta do manual, o próprio fabricante das velas estipulam uma quilometragem para a troca. Do mesmo modo que acontece com qualquer peça, a marca é fundamental. Dê preferência as originais e cuidado com as velas falsificadas. Sim, elas existem. Procure uma loja conceituada para comprar as velas do seu carro.

Please follow and like us:
Vela de Ignição – Como funcionam e quais são os principais defeitos Quais são os sintomas de vela ruim?"> Share