Para quem gosta de consertar seu próprio carro, como um hobby, uma buzina rouca é um defeito ideal. Aliás, consertar a “rouquidão” de uma buzina pode evitar a troca dela. Este tipo de defeito em buzina é facilmente identificado pelo dono do carro. O som da buzina muda claramente, parecendo que está realmente rouca, ou como se fosse parar de tocar a qualquer momento.

Alguns comparam com o som de um pato. Isto acontece porque uma buzina é fabricada, entre outras coisas, com palhetas de metal, e outras de material mais frágil, que precisam de se manter reguladas na vibração. Algumas buzinas não possuem meios para regular, o que faz delas descartáveis. Mas a maioria possui um parafuso que permite retornar ao som original de fábrica.

rubber-duck-1361271_640

Buzina de carro rouca: como regular?

O meio mais fácil de regular uma buzina rouca é soltando-a do seu suporte e usando a fiação do próprio carro. Primeiro localize a buzina. Normalmente ela fica debaixo do para-lamas do lado do motorista (linha GM e Fiat). Já na linha Volks, ela pode ficar perto do farol esquerdo, mais embaixo e presa na longarina do carro. Solte a porca central da buzina e deixe ela em uma posição acessível a uma chave de fenda ou outra qualquer.

regulagem de buzina

Repare o parafuso de regulagem a esquerda, tipo chave Philips

Localize na buzina um parafuso pequeno. Em alguns modelos ele fica bem evidente, mas em outros ele fica escondido com um lacre de fábrica. Basta retirar o lacre que  o parafuso aparece. A regulagem é simples. Ligue a chave do carro e peça para alguém acionar a buzina enquanto você  gira o parafuso para a esquerda ou para direita, até ficar com um barulho melhor. Como a lâmina que fixa a buzina no carro também interfere no som, você deve testar a buzina instalada. Se valer a pena regular mais, repita a operação até ficar do seu agrado. Esta regulagem vale tanto para as buzinas “fon fon” como para as “bi bi”, mais usadas em carros antigos. Se no seu carro estiver instalado um par de buzina, as duas podem ser reguladas, lembrando que neste caso uma é mais aguda do que a outra.

Please follow and like us: