Como economizar na manutenção do carro

 

Ter um automóvel custa muito dinheiro, todo mundo sabe disso. São diversas situações que precisam ser levadas em conta para calcular o verdadeiro custo de se manter um carro, como financiamento, combustível, seguro, estacionamento, oficina mecânica, etc. Porém, o mais esquecido é o custo da manutenção, que também é alto, representando, em média, cerca de 15% da despesa total de se manter um veículo. O pior lado da manutenção é que ela tem um gasto que, ao contrário de muitas outras despesas com o carro, só tende a crescer à medida que o tempo passa. Quanto mais antigo e rodado o carro, mais oficina mecânica ele vai visitar. Sem contar os reparos que eventualmente são necessários por causa de algum acidente ou colisão.

A boa notícia é que você não precisa entender muito de automóveis ou de mecânica para conseguir economizar na manutenção do seu carro. Separamos algumas dicas simples, mas valiosas, que vão te ajudar a gastar menos dinheiro na manutenção e no reparo do seu carro. Vamos lá!

oficina mecânica

 Crédito da imagem: Pexels

Faça a manutenção preventiva em oficina mecânica

A maioria das montadoras recomendam a revisão preventiva dos seus carros a cada 10 mil km ou 1 ano, ou o que ocorrer primeiro. Isso porque o carro tem várias peças e componentes que se desgastam naturalmente com o uso e precisam ser substituídos periodicamente. Além disso, existem aqueles itens que podem sofrer danos por mau uso ou outros motivos, e que também precisam ser inspecionados para garantir que estão em bom estado.

Fazer a manutenção preventiva é a melhor forma de prolongar a vida útil do carro como um todo e evitar que peças que são feitas para durar por anos a fio não sejam danificadas e precisem ser substituídas antes da hora.

Muitas pessoas evitam fazer a revisão preventiva ou adiam essa manutenção para economizar, mas esse é o famoso caso em que o barato sai caro. Acredite, economia na manutenção básica do carro significa, necessariamente, maior custo para consertá-lo lá na frente.

Faça você mesmo alguns cuidados básicos

Todo mundo consegue calibrar o pneu do carro, mas nem todo mundo faz isso com frequência. Por mais simples que seja essa prática, ela te ajuda a economizar dinheiro na manutenção. Além de economizar combustível, manter os pneus devidamente calibrados evita o desgaste prematuro de várias peças do motor e outros sistemas, diminuindo o custo de manutenção ao longo do tempo.

E esse foi só um exemplo, pois existem vários outros pequenos cuidados que você pode fazer em casa de forma rápida e segura, além de economizar por não ter que ir na oficina.

Veja alguns serviços que você pode fazer por conta própria:

  • Verificar o nível dos fluidos do carro: óleo do motor, fluido de freio e líquido de arrefecimento (água) do radiador podem ser facilmente verificados. Em caso de dúvidas procure por informações no manual do carro ou na internet
  • Trocar o filtro de ar-condicionado
  • Higienização do ar-condicionado
  • Trocar o filtro de ar do motor
  • Substituir as palhetas do para-brisas
  • Trocar as lâmpadas dos faróis e lanternas

Não ignore os sintomas

Barulhos, fumaças, vazamentos, trepidações e luzes de advertência acesas no painel são sinais de que alguma coisa está errada com seu carro. Leve esses sinais a sério.

oficina mecânica

A tendência das pessoas muitas vezes é ignorar possíveis problemas e esperar que eles se resolvam sozinhos. Até os médicos reclamam que seus pacientes demoram muito para procurar por um tratamento. E se as pessoas fazem isso com a própria saúde, imagina com a “saúde” do carro…

Infelizmente, os problemas do carro não se resolvem sozinho. Na verdade, eles costumam aumentar se não forem tratados logo. Os veículos modernos são máquinas complexas, com uma série de sistemas interligados entre si, de forma que quando um componente apresenta algum problema, a tendência é que ele interfira no funcionamento de outras peças, comprometendo o desempenho destas e diminuindo sua vida útil.

Portanto, quando notar o sinal de problema procure uma oficina mecânica para reparar o defeito o quanto antes e evitar que ele aumente e fique ainda mais caro para ser consertado.

Compre peças fora da concessionária

Antes de saber quais peças comprar é importante ressaltar que existem vários tipos de peças automotivas. Entenda o que é cada um para saber qual comprar:

  • Peças genuínas: peças usadas pela montadora na fabricação do carro e vendidas nas concessionárias com a marca da própria montadora.
  • Peças originais: peças produzidas pelas mesmas fornecedoras da montadora, mas que são vendidas no mercado de reposição com a marca da fabricante da peça e não com a marca da montadora.
  • Peças paralelas: peças similares às peças originais, mas produzidas por outras fabricantes que não são aquelas fornecedoras da montadora. Tem as mesmas características e em muitos casos funcionam muito bem, sendo uma espécie de “peças genéricas”.
  • Peças remanufaturadas: são peças em bom estado que foram extraídas de carros usados e recondicionadas para poderem voltar a ser comercializadas no mercado, evitando seu descarte. Essas peças ainda sofrem preconceito, mas estão ganhando cada vez mais espaço, principalmente devido à necessidade atual de diminuir o impacto ambiental causado pela fabricação de peças novas.

Então, ficou claro a diferença entre as peças genuínas e originais? Isso mesmo, nenhuma!

A única coisa que muda entre elas é a embalagem… e o preço, claro. Uma peça genuína pode custar cerca de 30% a mais do que uma peça original simplesmente por ser vendida pela concessionária e numa embalagem que tem a marca da montadora do carro. Mas, tirando esse detalhe, são exatamente a mesma peça.

Se você quiser ainda pode optar por usar peças paralelas ou mesmo remanufaturadas, economizando ainda mais. Muitas dessas peças são de alta qualidade e podem ser usadas sem prejudicar a performance ou a segurança do seu carro.

Portanto, busque informações sobre as marcas e as especificações das peças e procure comprá-las em autopeças, e não nas concessionárias.

Muitas vezes a internet também pode te ajudar. Já existem vários sites de e-commerce especializados em autopeças que podem sair muito mais em conta do que as lojas físicas tradicionais. Vale a pena pesquisar.

Pague somente pela mão de obra

Em alguns casos também é possível economizar fazendo a compra da peça por conta própria e pagando só pela mão-de-obra do mecânico.

A oficina mecânica, como todo comércio, cobra por todos os serviços que presta. Assim, caso ela te venda uma peça, ela vai cobrar um valor acima do custo da mesma para compensar o trabalho que teve ligando para o distribuidor, armazenando a peça, deixando-a em estoque, etc.

VEJA AQUI COMO FAZER UM ORÇAMENTO DO SEU CARRO PELA INTERNET!

Desse modo, se você mesmo comprar a peça e pagar para a oficina fazer apenas a mão-de-obra do serviço você também vai economizar. Confira algumas manutenções nas quais você economizar comprando as peças e negociando apenas a aplicação com seu mecânico:

  • Troca de óleo e filtros (óleo, ar, cabine e combustível)
  • Troca da bateria
  • Troca das pastilhas e discos de freio
  • Troca das velas de ignição

Pesquise e compare orçamentos das oficinas

Como qualquer outro serviço, quando você pesquisa e compara preços é provável que consiga economizar. Isso também é válido para a manutenção do carro. Até pouco tempo era muito complicado de se fazer a comparação de preços de serviços de manutenção do carro.

Muitas vezes o cliente não sabia o serviço que precisava e acabava precisando ir em várias oficinas e aguardar até que o diagnóstico e o orçamento fossem realizados. Obviamente isso não era nada prático e impedia que muitas pessoas comparassem preços, levando os clientes a fechar negócio na primeira oficina que encontrasse.

Contudo, hoje em dia já existem sites que ajudam o cliente a encontrar informações sobre problemas e a comparar preços de serviços automotivos em uma região. Dessa forma, usando apenas o celular já é possível comparar preços e escolher a oficina que mais lhe agrada.

E você, conhece outras formas de economizar na manutenção do carro? Deixe um comentário.

 

 

Você precisa de um seguro de automóvel que seja bom, eficiente, mas que não custe os olhos da cara? O Mãos ao Auto tem uma parceria com a Compara Online, site que faz a comparação, em minutos, dos preços e coberturas das principais seguraduras e acha o melhor custo/benefício para seu carro. Para isso, basta clicar aqui e seguir o passo a passo.