Entenda como funciona a injeção eletrônica

O maior sonho de boa parte do sexo masculino é ter o próprio carro, quando conseguem, o cuidado é tanto que parece que esse veículo de quatro rodas se torna um membro da família. Mas só tratá-lo como filho não basta, é preciso que você conheça as funções do seu veículo. Por exemplo, saber como funciona a injeção eletrônica. Você, como motorista, tem que estar por dentro, pelo menos, das funções básicas do seu carro, como é o caso da injeção eletrônica. Mas, afinal de contas, o que é a injeção eletrônica? Qual é a sua função? Como funciona a injeção eletrônica?

Como funciona a injeção eletrônica

A principal função da injeção eletrônica é injetar o combustível de uma maneira dosada no motor do carro. O controle é realizado por meio de um chip eletrônico, a função desse chip é analisar o funcionamento do motor ajustando a sua alimentação para conseguir uma melhor performance por parte do automóvel. Explicando de forma simples, a injeção eletrônica foi inventada para substituir o famoso carburador.

Hoje, a injeção eletrônica está presente em todos os automóveis fabricados no Brasil, aliás, ele se tornou um mecanismo obrigatório no carro.

 

Entenda como funciona a injeção eletrônica

 

Os componentes da injeção eletrônica

A injeção eletrônica é divida em três principais componentes: sensores, central de informações e atuadores.

O primeiro componente, os sensores, basicamente analisam o funcionamento do motor e manda todas as informações coletadas para uma central de informações.

Eles analisam a pressão, velocidade, temperatura e a proporção dos reagentes na queima do combustível do veículo. Para realizar tudo isso, os sensores são distribuídos em pontos estratégicos do motor do seu carro.

A central de informações gerencia o funcionamento do motor por meio das informações enviada pelos sensores. E, por último, os atuadores são os responsáveis pela alimentação e pela queima do combustível. Eles só conseguem trabalhar por meio das informações recebidas pelo centro de informações.

As vantagens da injeção eletrônica

Para quem está se perguntando se essa troca trouxe vantagens para o motorista, a resposta é sim.

A primeira grande vantagem da injeção eletrônica, se comparada com o carburador, é que a injeção eletrônica permite que o seu veículo tenha um consumo de combustível muito mais econômico e muito mais eficiente se do que a ferramenta anterior.

A injeção eletrônica também deixa de trazer aquele velho problema aos motoristas: ter que esquentar o carro antes de usá-lo nos dias frios.

Entenda como funciona a injeção eletrônica

Mas a injeção eletrônica não trouxe benefícios apenas para os motoristas, mas também para o meio ambiente. Isso porque a injeção eletrônica traz um funcionamento mais otimizado para o motor que permite que este reduza consideravelmente a emissão de gases poluentes no ar.

Não existe problema algum em se preocupar com a aparência do seu veículo, mas é saudável saber um pouco do que acontece dentro do capô.

Isso não só é vantajoso para você como motorista, mas também será uma informação essencial na hora que você tiver que levar seu automóvel na oficina ou na hora da compra de carro novo ou compra de carro usado.

Please follow and like us: