Pastilha de freio e sua manutenção

Pastilha de freio ou “pastilhas de freio”, formam um conjunto responsável direto para fazer seu carro parar. Então, elas são acionadas por você ao pisar no pedal dos freios e assim são comprimidas em um disco preso a roda do carro (imagem abaixo, sem a roda). Isso acontece nas duas rodas dianteiras (carros mais antigos) ou então nas quatro rodas do seu carro. São peças que tem uma vida útil e  portanto devem ser trocadas de tempos em tempos. Sim, seu carro pode ficar sem freios se não houver atenção de sua parte com a pastilha de freio. Como saber disso? É o que veremos nesse post.

pastilha de freio

O correto é ter uma rotina de manutenção. Entretanto, não devemos apenas confiar no profissional, mas estar por dentro do que ele fez, quais peças trocou e quando trocar novamente. Esse deveria ser o nosso comportamento. Mas quase sempre não temos tempo. Simplesmente uma manutenção básica cai no esquecimento, quanto mais nos lembramos de conversar com o mecânico. Os freios estão incluídos nessa lista de manutenção. Mas, no caso de freios com ABS o cuidado é ainda maior. Veja abaixo algumas dicas para ajudar a ficar alerta com relação a pastilha de freio.

Pastilha de freio e seus “avisos”

  • Forma de uso. Sim, se for um carro de uso familiar as pastilhas de freio vão durar mais. No caso de uso excessivo, como em Táxi ou similar, a pastilha de freio vai apresentar um desgaste mais rápido. Fique atento a forma de uso do seu carro; para o caso de pastilha e outros, como óleo de motor.
  • Barulhos. Se ao pisar no pedal do freio escutamos algum barulho, é sinal de possível desgaste das pastilhas. É uma boa dica que para levar o carro até uma oficina. O ruído pode ser um chiado ou até mais alto, como ferro com ferro. Nesse caso é mais grave e o carro deve ser revisado urgentemente. Lembrando que algumas pastilhas podem fazer barulho por causa da qualidade do produto.
  • O freio mudou de comportamento. Isso é um sinal claro que algo está errado nos freios e a pastilha pode ser fator principal. Se o freio ficou “fundo” demais ao pisar leve ao mecânico.

pastilha de freio

Pode ser que depois da troca das pastilhas o freio apresente essa mudança de comportamento, Ou seja: não fica igual estava antes. Isso pode gerar preocupação. Quase sempre é normal, pois é necessário rodar com o carro para a pastilha “assentar” no disco. Isso pode fazer o carro demorar a parar na freada por um tempo. O fluído ou óleo de freio também tem que ser trocado periodicamente por profissional especializado. Portanto,  não se acanhe de fazer perguntas ao mecânico. Fique sempre por dentro do funcionamento do seu carro e preocupe-se com sua segurança.

Você precisa de um seguro de automóvel que seja bom, eficiente, mas que não custe os olhos da cara? O Mãos ao Auto tem uma parceria com a Espínola Corretora de Seguros, que tem anos de experiência e trabalha com os principais seguros do mercado - e garante preços muito bons. Para fazer um orçamento, basta clicar aqui e preencher esse formulário. Nós encaminharemos seu pedido para a corretora, que entrará em contato trazendo a melhor oportunidade para você.