Defeitos em lanternas traseiras

Rodar com um carro que tenha algum defeito elétrico na lanterna traseira quase sempre causa confusão, tanto no motorista infrator, como em outros a sua volta. Acidentes podem acontecer e por isso é considerado uma infração sujeita a multa e até a apreensão do veículo, além da perda de pontos na carteira. Tanta punição é sinal do tamanho da importância da iluminação traseira do seu carro estar sempre em boas condições de uso. As lanternas traseiras indicam o tamanho, a distância e a posição que se encontra determinado veículo. Por isso existe por ali luzes que são chamadas de “luz de posição”, que em alguns estados brasileiros são também conhecidas por faroletes, ou o primeiro estágio da chave de farol. Mas não são apenas estas as luzes de um lanterna traseira. Temos ali um conjunto ótico com várias funções como as setas (e alerta junto) , luz de freio, luz de ré, e , em alguns carros, uma luz de neblina traseira. Os defeitos quase sempre são de lâmpadas queimadas, principalmente as de freio e lanternas, pois são as obviamente mais usadas durante nossa rotina. Algumas lâmpadas devem ser substituídas por outras da mesma potência sob o risco de danos permanentes no sistema elétricos. A modernidade trouxe até os carros a eletrônica embarcada, o que significa sistemas elétricos precisos. Por isso, em alguns casos, até a instalação elétrica de uma carretinha (reboque) deve ser avaliada por um especialista. Muitos veículos simplesmente não suportam o acréscimo de lâmpadas no circuito, e o prejuízo pode ser bem grande.

car-taillights-444260_640

Mas em alguns casos podem acontecer defeitos de fiação, ou de sensores que se localizam em outros lugares, mas que são responsáveis por acionar luzes traseiras. Incluímos aí as setas (relé de seta), luz de freio ( interruptor de luz), e a luz de ré sua famosa cebolinha que fica na caixa de marchas (alguns carros também possuem relés nesses circuitos). Mas são todos defeitos fáceis de resolver, e, o melhor, são baratos. Muitas vezes, conforme mostra os posts em links acima, o próprio motorista consegue resolver sem mais problemas. Basta gostar um pouco do carro e usar da paciência do aprendizado.

halloween-1001677_1920

Um dos defeitos mais comuns, é quando a lanterna traseira fica parecendo uma árvore de natal, com tudo piscando junto, principalmente quando acionamos a seta e pisamos no freio simultaneamente. É um defeito também conhecido como “efeito fantasma”, devido ao resultado que deixa o local meio translúcido. Este problema pode enganar em muito quem vem dirigindo atrás, e também está sujeito a multa devido ao mau funcionamento. Não precisa da lâmpada estar queimada para gerar multas e acidentes.

Para resolver o tal efeito fantasma, um fio deve ser substituído. O causador de tudo é o fio terra da tomada da lanterna em questão (fio preto). Alguns preferem trocar a tomada inteira – e também  os soquetes das lâmpadas – porque tudo pode ficar meio torrado por ali. Uma inspeção visual na tomada deixa o defeito evidente para qualquer um. Mas alguns preferem realizar um conserto conhecido como “ponte de safena” que vem a ser mudar o aterramento de lugar fazendo uma ponte por fora direto na placa. A grande vantagem é a economia de peças e a durabilidade do serviço. A desvantagem é a perda da originalidade, além do fato que os soquetes ficarão presos a tomada ou ao fio soldado na placa. A decisão final é do dono do carro e o profissional deve explicar as opções com suas vantagens e desvantagens. Uma maneira de evitar surpresas com a lanterna traseira é fazer uma inspeção periódica em todas as lâmpadas por ali. Além do aborrecimento de uma possível blitz, estaremos contribuindo para a segurança de todos a nossa volta.

defenses-788789_640

Please follow and like us: