Nossa tendência é sempre acreditarmos mais em um pneu furado do que em uma bateria sem carga que minutos antes estava normal. Isto pelo óbvio: sempre vemos os pneus e sabemos do seu estado. Mas uma bateria está sempre escondida de nossa visão e a ideia é que ela não envelhece.

Sempre que uma bateria descarrega surpreende o motorista.

 

bateria-descarregada

Várias são as causas para uma bateria descarregar. As ocultas, aquelas que não justificam o ocorrido, são o alvo deste post. Nos referimos exatamente a aquelas situações que afirmamos: “A bateria é nova… É defeito de fábrica… Quero outra!” Mas toda garantia é por defeito de fabricação, e se for constatado pela loja que sua bateria não tem defeito, será cobrado uma taxa pelo serviço. Muitos clientes nossos acreditam que a carga de uma bateria nova não pode acabar. Eles acreditam, por assim dizer, que a energia de uma bateria é eterna.

Será que apenas as antigas tem o direito de descarregar? Afirmamos que isso é um mito. Quando compramos uma bateria nova é como se comprássemos uma caixa de água já com a água dentro, cabendo a nós mantê-la sempre cheia.

No caso de ser uma bateria descarregada, mas nova, muito provavelmente o “defeito”estará no carro. Afirmamos isso porque somente 10% das baterias, ou menos, apresentam defeito de fábrica pós-instalação. Obviamente nos referimos a grandes marcas do mercado.

O que pode descarregar uma bateria de carro? Veja a lista abaixo.

– Chave de ignição ligada por muito tempo (por esquecimento).

– Não perceber faroletes ligados (podem ficar uma noite inteira descarregando uma bateria).

– Ter o costume de escutar o rádio por muito tempo, talvez até horas, sem ligar o motor.

– Esquecer a frente do rádio ligada.

– Luzes de porta-luvas e porta traseira com defeito.

– Deixar a luz interna ligada.

Existem também certas situações misteriosas que requer mais atenção. Citaremos duas que aconteceram com clientes nossos.

Foto: infocarsbrasil.blogspot.com

Foto: infocarsbrasil.blogspot.com

Um alarme pode descarregar a bateria do seu carro? Certa feita uma cliente comprou uma bateria em nossa loja. Um mês depois ela voltou reclamando que a bateria arriou, repetindo o que tinha acontecido com a bateria velha. Feita a manutenção da garantia da bateria, ficou constatado que ela estava em perfeitas condições de uso. Dias depois, o fato  se repetiu. O que estava acontecendo? A própria cliente descobriu ao chegar em horário diferente em sua casa, tendo deixado o carro na garagem. Ela o encontrou piscando todas as setas. Com essa dica na mão descobrimos que o alarme estava com dois defeitos: disparando as luzes (eis o motivo) e com a sirene queimada (por isso ninguém percebia). Resultado? Um alarme realmente pode descarregar uma bateria, nova ou não. É como um vazamento de água não percebido. Fica evidente que a resposta para a pergunta na foto acima é VERDADE.

A outra situação tem haver com a primeira foto deste post. Novamente recebemos reclamação de um cliente com relação a uma bateria nova que descarregou misteriosamente. De novo a sensação de mistério porque depois de testes feitos ficou constatado que essa bateria também não tinha defeito.

Como o serviço foi feito no domicílio do cliente, descobrimos uma rotina nada saudável para a bateria do carro. Um cobertor era colocado calçando a porta traseira do carro e deixando a luz interna por ali acesa noite a dentro. E por que faziam isso? Aí é que entra o gato na história. Com pena dos bichanos o cobertor era colocado ali para esquentar os gatos que dormiam debaixo do carro. Uma atitude louvável, diga-se, mas um bom exemplo de como uma bateria pode descarregar por um descuido nosso.  Uma situação assim é que chamamos de “roubar carga de uma bateria”.

Outro bom conselho para quem é dono de um automóvel, e precisou comprar uma bateria nova, é ler as instruções de uso que acompanham a garantia. Pesquisar sobre a duração de uma bateria também pode ajudar a preservar tal peça que é muito importante até para a nossa segurança.

Please follow and like us: