O que é um relé auxiliar?

Quase todo relé de automóveis tem um função específica. Veja alguns exemplos:

A seta é acionada por um relé que faz piscar determinadas lâmpadas. O pisca-alerta também.

O limpador de para-brisa possui um relé em seu circuito que controla o tempo de funcionamento e também aciona o sistema de água do para-brisa.

Outro relé controla a temperatura do desembaçador de vidros do seu carro. O mesmo pode acontecer com o ar condicionado.

Os faróis inferiores (como os da foto) sempre precisam de um relé auxiliar.
Os faróis inferiores (como os da foto) sempre precisam de um relé auxiliar.

Inúmeros sistemas elétricos são controlados por relés, alguns bem específicos. Mas existe um em particular que chamamos de “pau pra toda obra” e o seu nome explica esse apelido: relé auxiliar. Sua função básica é acionar faróis de neblina, por exemplo, “segurando a barra” da caloria gerada pela lâmpada que se espalha pela fiação podendo chegar até os comandos. Ou seja, o calor gerado fica restrito do relé para frente, ou do relé até as lâmpadas. Dentro dele existe uma pequena bobina de cobre que absorve parte desta energia, suportando-a de maneira eficiente.

Especificações mais comuns 

Para automóveis (no Brasil) o relé será sempre de 12 volts. Já a potência muda. Para faróis pode usar de 20 a 70 amperes. Um farol consome em média 5A. Sendo dois, são 10 amperes na média. Isso seria a metade da potência suportada por um relé de 20. A diferença entre os relés seria o tamanho, principalmente o da pinagem. O de 70 tem pinos maiores e é muito usado para ventoinhas de radiador. Também temos relés especiais para lâmpadas de 100 Watts são os chamados relés duplo de farol e suportam até 300 Watts, sobrando 100 watts de capacidade. Mas estes são usados mais para preservar o estrago que lâmpadas de 100W podem causar na fiação. Resumindo: quanto maior a amperagem, maior a capacidade do relé. A voltagem deve ser sempre a mesma da bateria.

Este é um relé auxiliar básico de uma saída auxiliar.
Este é um relé auxiliar básico com uma saída auxiliar.

Outra função curiosa desse relé é o acionamento de buzinas. Por que é curioso? Porque a maioria das buzinas não precisa de uma ajuda por causa da sua potência final, como um farol precisa. Mas o relé auxiliar também serve para “inverter” polaridades. Ou seja nós podemos acionar uma buzina, ou outro acessório qualquer, através de um fio negativo. Esse relé possibilita isso.

No caso das buzinas, seus comandos vindos do volantes, usam fios negativos pela maior facilidade de construir o circuito. Resumindo: você liga a chave do carro e um positivo chega até o relé. Quando você toca a buzina é enviado uma corrente negativa que fecha o circuito liberando uma corrente positiva do relé e assim sua buzina faz barulho. Alguns relés possuem duas saídas exatamente para atender duas buzinas.

Relé auxiliar de duas saídas. (os dois pinos centrais)
Relé auxiliar de duas saídas. (os dois pinos paralelos de cima para baixo)

Essa é apenas mais uma das funções de um relé auxiliar. Com certeza ele é uma das peças mais usadas nos sistemas elétricos de automóveis e outros veículos. Seu uso “absorve” calor, protegendo a parte elétrica de seu carro evitando até incêndios muito comuns nos carros antigos que usavam fios grossos para fazer essa função que o relé auxiliar faz hoje.  O relé auxiliar pode ser usado em qualquer acessório elétrico ou eletrônico de um carro. Como dizem por aí: quem auxilia dificilmente atrapalha.

 

Please follow and like us:

This article has 41 Comments

  1. opa to com esse rele auxiliar “pau pra toda obra” fora de onde deve estar e queria saber onde fica porque nao esta acendendo meus farois obrigado espero a resposta

  2. Gostei da matéria. Mas, estes relês auxiliares tem voltagem, capacidade ou algo que os diferencie? Focando no assunto de faróis. Como sei qual seria o ideal, ouaonde encontraria uma possível “tabela” de: “farol de X a X potência – tal relê. De Y a Y potência – tal relê”…
    Obrigado pela atenção.

    1. Olá Fernando. Para automóveis (no Brasil) o relé será sempre de 12 volts. Já a potência muda. Para farois pode usar de 20 a 70 amperes. Um farol consome em média 5A. Sendo dois, são 10 amperes na média. Isso seria a metade da potência suportada por um relé de 20. A diferença entre os relés seria o tamanho, principalmente o da pinagem. O de 70 tem pinos maiores. Também temos relés especiais para lampadas de 100 Watts são os chamados relés duplo de farol e suportam até 300 Watts, sobrando 100 watts de capacidade. Mas estes são usados mais para preservar o estrago que lampadas de 100 W podem causar na fiação.Resumindo: quanto maior a amperagem, maior a capacidade do relé.A voltagem deve ser a mesma da bateria.

  3. Saudações.
    É correto o circuito onde o positivo(12vcc) vai direto à buzina e a parte aberta do circuito é o negativo ?
    ( 0Vcc ) com esse relé de 4 pinos ?

    Grato.

    1. Olá Julio.Se a buzina for de duas saídas, ou dois pinos, é correto sim. O relé é usado quando temos uma saída na buzina. Neste caso o negativo é na carcaça e o positivo vem invertido por um relé a partir de um negativo do volante.O relé pode ser de 4 ou 5 pinos dependendo do número de buzinas. Espero que tenha ajudo vc. Abraços.

      1. No caso amigo a conexão continua sendo positivo sendo cortado por algum interruptor, a chave que vc fala que tem um negativo no lugar do positivo só esta servindo para ativar o relê e consequentemente ativar o positivo assim ligando o dispositivo o qual o interruptor indica que vai ligar!

  4. Boa a explicação.
    Mas gostaria de saber como faço pra ligar os faróis baixos após a partida, devem ficar acesos depois da partida e apagar ao desligar a chave de ignição. Para não ter que ficar ligando.

  5. Interessante e importante essa função de conter o calor causado por lâmpadas potentes e que se propaga através dos fios . Desconhecia esse fator de risco . Obrigado pelas informações todas fornecidas acima (potência x amperagem e tipos de relês ).

  6. Olá. Gostaria de saber qual o modelo de relê que seria o contrário do auxiliar. Desligado libera a energia e quando acionado corta a energia. Obrigado. Zap 021998086462

  7. NÃO É UMA RESPOSTA E SIM UMA PERGUNTA,POSSO TROCAR O MEU RELÊ DE40 PARA 70 AMPERES NA BUZINA DO MEU CARRO(UMA BUZINA FORA DO CHICOTE DO CARRO È CLARO)

  8. Muito grato por sua boa vontade em compartilhar conhecimentos.
    Um relé auxiliar de duas saídas 25A pode ser substituído por outro com a mesma pinagem, duas saídas porém 40/30A ?

    1. Olá batalha. Grato por participar. Se a pinagem e os números forem os mesmo, assim como o tamanho igual, então você estará simplesmente aumentando a potência, ou capacidade dele de auxiliar, em alguns amperes. Teoricamente seria uma melhoria.

  9. Inavenko, o relé de 25A que citei tem um resistor entre os pinos 85 e 86 (idêntico à imagem do relé VDO em sua postagem). O relé 40/30A, que usarei substituindo o de 25A, não tem.
    Isso implica em menor proteção para sobretensão na abertura do relé?

  10. Olá André. É curto direto no circuito do desembaçador. Não insista em trocar o fusível ou usar metais. Pode piorar a situação. Pode ser relé em curto, fiação ou um fio mascado na borracha que protege o chicote quando fecha a porta traseira.

    1. Bom Dia Luciana. Sim, existe relé auxiliar de bomba de combustível. Ele serve para aliviar a carga que uma bomba exige e assim ele funciona com sua capacidade total. O local onde ele fica depende do modelo do carro. Mas normalmente o manual informa sua localização.

      1. Obrigada pela atenção!!! Meu carro é um celta 2001, ele ta falhando na hora de ligar, não é sempre, o mecânico falou que era o relé da bomba de combustível, eu troquei, mas continua o mesmo problema. Não sei mais o que fazer, já tem quase 2 anos que está assim, e ninguém consegue identificar o problema. Abraço!

        1. Olá Luciana. O primeiro passo é medir a pressão da bomba. Se ele custa, mais pega, então não poderia ser relé. Pode ser defeito no retorno da bomba. Toda bomba tem obrigação de segurar combustível no sistema. Ela pressuriza para o carro pegar de primeira. Não me parece ser um problema difícil de ser resolvido.

  11. Boa noite amigo. Parabéns pela matéria. Veja. Meu carro é um fiat idea adventure 2007, onde tem os 04 farois de milha. Mas dois acendem com o farol baixo e os outros dois são escravos que só ligam quando o farol alto. Estou ligando os 04 juntos, até vi materia no youtube de como fazer e coloquei o relé de 30 amperes. E gostaria de colocar um mais potente, pra ter uma folga maior. Relé de 4 pinos. quero colocar um de 50 amperes. Ou acha melhor colocar um relé duplo auxiliar de 500w DNI.
    Aguardo e mais uma vez parabéns pela matéria.

    1. Olá Alexandre. Grato pela participação e pelas palavras. Um relé de 30 para os 4 seria fraco. O outro com as mesmas características de tamanho e pinagem seria de 70 A pino de saída largo, (acho fraco também). O relé duplo é uma excelente ideia, pois é de fácil instalação, bastando encontrar um ponto onde passam os fios positivo dos 4 faróis e interceptar com o relé. Ele suporta mais. O lado negativo deste relé é a pouca durabilidade dos fusíveis, mas como são faróis auxiliares ele não vai sofrer tanto. Eu instalaria o relé duplo. Abraços e estamos a sua disposição.

  12. Poxa, percebi aqui que temos bastante perguntas e que vocês realmente respondem às questões de seus leitores. Muito bom! Hoje em dia é raro isto…esta “atenção” com os leitores.
    Gostei muito da matéria e gostaria de tirar uma dúvida, se possível.

    Pretendo instalar um dispositivo no meu carro (um relógio mostrador da tensão da bateria e da temperatura ambiente – consome poucos watts) que seja energizado (seus LEDs acendam) somente após eu ter dado partida no veículo. E gostaria que isto levasse alguns segundos para que tanto a bateria não fosse sacrificada e o aparelhinho ficasse preservado da “puxada” de voltagem durante a partida do motor.
    Então seria assim: Eu dou partida no veículo. Após uns segundos, o mostradorzinho digital acenderá. Tipo uns 10 segundos depois, mais ou menos.
    Ouvi falar que tem um relê (DNI-0409) que pode fazer esta ideia funcionar.
    Tentei encontrar algum esquema ou diagrama desenhado que possa ilustrar para mim a montagem dos fios e as conexões no relê.
    O senhor poderia me auxiliar ? O senhor tem algum diagrama ou esquema com as conexões.
    Obrigado pela atenção.

    1. Olá Fernando. Grato por suas palavras e realmente tentamos responder 100% das perguntas. É um diferencial em que estamos investindo. São quase 9 mil perguntas respondidas em um ano. Quanto ao relé que você cita ele é usado para acender os faróis 15 segundos depois da partida de um motor. Os caminhoneiros fazem muito uso deste relé. Com a nova de lei que obriga faróis ligados em rodovias muitos motoristas de carros também instalam este relé. Ele é bem potente (150W) e vai suportar com folga os acessórios que você deseja instalar no seu carro. Na imagem abaixo temos o circuito de ignição deste relé. Ele é bem simples de entender e instalar. Qualquer dúvida pode perguntar que acharemos a solução. espero que ajude. Forte abraço.

  13. Tô aqui com outra duvida, eu instalei recentemente uma buzina a ar direto no pos-chave! Mas o cliente quer que eu coloque um rele auxiliar nela. Como isso seria possível?

    1. Olá Ednaldo. Sim é possível fazer a ligação do relé auxiliar. Se a buzina for acionada por negativo, você tem que ligar a ponta do fio dela depois do comando no 85 do relé. O 30 e 86 você liga no pós chave. O 87 arma a buzina.

  14. Boa noite Fernando Ivanenko, eu tive que fazer a manutenção no aterramento do modulo da B Buster 2400 watts de potencia. Ao abrir ele, eu me deparei com outras soldas quebradas! Eu refiz as soldas td belezinha e liguei ele novamente. Ate então ta td funcionando perfeitamente. A minha duvida e o seguinte; e normal o modulo da B Buster 2400 aquecer um pouco ao empurrar dois alto falantes da X Plod?

    1. Olá Ednaldo. Todo módulo de potência esquenta um pouco quando está em ação. Mas não pode ser uma temperatura insuportável de quase queimar as mãos. Neste caso ele estaria sendo forçado e pode queimar as saídas.

  15. Boa tarde, preciso de uma ajuda, procurei na internet e não encontrei ainda. No relê que instalei, usei um fio qualquer do chicote como pós-chave positivo para alimentar o pino que aciona (pino 86) e negativo direto no negativo da bateria com uma chave (on/off). Porém quando desativo ele notei que à um retorno de energia vinda da bobina do relê ao qual faz piscar o farol principal e faz um barulho rápido na sirene do alarme (algo típico de descarga elétrica). Como faço para corrigir isso? Na foto do relê de 5 pinos notei que entre os pinos 86 e 85 à um resistor, seria essa a função dele, e se sim qual o valor correto de resistência? Obrigado.

  16. Boa tarde, me esqueci de retornar à pagina, o relê esta alimentando um par de faróis auxiliares de super leds importados da china (Cree led u5)

    1. O resistor é interno e pode existir ou não. Não vai alterar a situação. Lembre-se que o 30 também tem que receber corrente positiva que pode ser uma ponte do 86. Mas o fato de alimentar os leda, que são diodos de luz, pode explicar esse retorno. Tente inverter a polaridade nos leds e veja se resolve.

      1. Você me deu uma boa ideia, pode ser retorno dos leds mesmo, a pouco encontrei com um amigo meu que é eletricista ele sugeriu que eu utiliza-se um relê polarizado. Assim que tiver um tempo irei fazer um teste e posto aqui o resultado. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *