Como funciona um carro movido a água

Mas como é esse relato de automóveis movidos a água? Será que é movido a água mesmo? Sim. É, porque da água – água não é H2O?- da água você tira o H2, que é o hidrogênio, esse gás é combustível e permite que o motor funcione. Inclusive foi descoberto recentemente água no pólo sul da Lua. O entusiasmo dessa descoberta não somente por ser água, com diversas possibilidades. Mas poder fonte de energia. Neste post vamos entender um pouco do carro movido a água 

carro movido a água

Mas há um pequeno problema: para colocar uma caixa d’água no automóvel, para que a água absorva o hidrogênio e forneça energia para acionar o motor ou reduzir o consumo, é necessária uma grande quantidade de energia elétrica. Algumas horas depois, a bateria vai acabar. Simplificando, a conta não bate.

O custo da energia elétrica excede a energia produzida pela combustão do hidrogênio no motor. Por ser um assunto bem interessante e polêmico, existem vários vídeos mostrando incríveis automóveis movidos a água nas plataformas de mídia social e no YouTube. Um criador afirma que um veículo pode percorrer 1000 quilômetros com 1 litro de água, o que é ilógico dado que o poder calorífico da gasolina é em torno de 40 MJ/kg e a do gás hidrogênio é aproximadamente 2,5 a 3 vezes maior. Acredito que o veículo percorreria muito menos quilômetros e usaria significativamente mais eletricidade para fazer eletrólise do que queimaria hidrogênio (o que também não é mencionado no vídeo). Como podemos descobrir quanta eletricidade é necessária para a eletrólise e quantos litros de água são necessários para o carro percorrer 1000 quilômetros apenas com água e baterias?

O instrutor, Fernando Lang da Silveira, da UFRG, disse que primeiro queria ressaltar que a eletrólise, que transforma água em combustível sem usar energia, é um milagre tão grande ou maior do que transformar água em vinho.

Existem vários métodos para obtenção de hidrogênio pela eletrólise da água. A eficiência desses tipos de processos varia de 60 a 90%. Isso significa que, para cada unidade de energia elétrica, é produzida uma certa quantidade de hidrogênio, que, quando misturado ao oxigênio para formar água novamente, libera entre 0,6 e 0,9 unidades de energia. Consequentemente, a criação de hidrogênio por eletrólise da água requer um fornecimento de energia elétrica, que não é gratuita.

A eletrólise de 1 litro de água produz cerca de 110 g de hidrogênio. Essa quantidade de hidrogênio queimado libera a mesma quantidade de energia que cerca de 330 gramas ou 0,5 litros de gasolina.

Portanto, mesmo que por algum milagre o “criador” tenha eletrolisado 1 litro de água, a afirmação do vídeo é tão improvável quanto alguém que afirma ter dirigido 1.000 quilômetros com apenas 0,5 litro de combustível! Mas uma possibilidade é esse método ajudar no consumo de combustível! Será nosso próximo post sobre esse assunto.

Que tal aprender a dar a manutenção básica no seu carro? Ou até aprender uma nova profissão, a de eletricista de automóveis? O Mãos ao Auto tem uma parceria com a Maik Elétrica Automotiva, e agora oferece um curso 100% online, com alta nota de avalição de quem já fez e com custo de apenas dois reais por dia! Tudo isso na maior plataforma de vídeo aulas do Brasil! Quer ser um motorista melhor e mudar sua vida? Saiba mais: clique aqui e siga o passo a passo.