É surpreendente a versatilidade do projeto do Fusca. Até parece que seus projetistas imaginaram situações dignas de ficção científica para aquele época. Mas não. Conforme o título do post, é fantástico a adaptação do Fusca com o motor elétrico e seus acessórios. O “não” escrito antes é pelo fato que o carro elétrico não poderia ser muito “ficção”, visto que o motor elétrico foi inventado antes dos que usamos hoje. Evidentemente que foi muito mais fácil “evoluir” o carro movido por combustíveis fósseis do que investir em um protótipo elétrico. Além disso, como o passar do tempo, criou-se uma enorme indústria que passou a depender muito do aumento da frota de carros como os de hoje. Sim, a indústria do petróleo.

fusca-eletrico-revolt

Kit para Fusca elétrico

 Mas o carro com motor elétrico avançou tanto nos últimos anos que já existe um kit de transformação. Ele é especial para o Fusca exatamente pelo projeto inusitado do carro. Tal kit usa o porta-mala para as baterias, tem autonomia de 120 quilômetros, e pode chegar a fazer 115 quilômetros por hora. Mas é um projeto de gringo, na distante Alemanha.

No Brasil, onde encontrar?

Thomas, é o nome de um Fusca elétrico brasileiro. Um grupo de engenheiros e estudantes do Paraná desenvolveram um motor com 15 cv, mas que usa 25 baterias comuns. Usar baterias mais eficientes (em espaço e durabilidade) é uma questão de tempo, mas com certeza é um bom reflexo de que existem mentes com boas ideias alternativas em nosso país.

Além da economia, o Fusca elétrico mantém seu charme, não polui o ambiente, tanto por não emitir gases como pelo ruído mínimo, o que colabora para diminuir a poluição sonora. O custo de recarregar as bateria é baixo e com certeza a economia vai muito além de qualquer mistura de combustível de um carro flex.  Talvez o maior desafio ainda seja autonomia, mas a ideia principal é fazer do carro elétrico um veículo essencialmente urbano.

Alguns projetos são primorosos na sobra de espaço, o que é muito difícil em modelos antigos como o Fusca.

motor-do-fusca-eletrico

No modelo da foto acima temos o Fusca elétrico da Unicsul onde fica evidente como sobra espaço no compartimento do motor. Outras experiências chegam a instalar as baterias neste novo espaço.

Foto: www.envolverde.com.br

Foto: www.envolverde.com.br

Custo da conversão

 O tal kit pode custar 34 mil reais. Mas é europeu. No Brasil o “Eco Fusca” (que tem autonomia de 200 Km e chega a 160 Km por hora)  pode ser financiado pela Caixa. O custo infelizmente ainda é alto por causa das peças importadas e da crise que vivemos. Algo em torno de 20 mil dólares por aqui. Por esse motivo ainda acreditamos que a transformação do Fusca, e outros carros, é um bom investimento para pesquisas que possibilitarão o surgimento de bom veículos elétricos no futuro, além de mais baratos.

Please follow and like us: