Defeitos mais comuns em vidros elétricos

Defeitos mais comuns em vidros elétricos

Depois da luz de freio e lâmpada de farol baixo, o vidro elétrico é o equipamento do seu carro que mais pode apresentar defeitos. Alguns deles são bem evidentes. Se o vidro ficar “caindo” dentro da porta, ou acontecer muito barulho ao funcionar, então provavelmente o defeito é na máquina que é levantada pelo motor elétrico, como a da foto abaixo.

defeito-em-vidros-de carro

 

Nesse caso a máquina deverá ser trocada em uma loja de acessórios automotivos.

Mas existem alguns defeitos mais comuns em vidros elétricos que o leitor pode consertar se usar um pouco de paciência e cuidado. Primeiro procure saber se o alarme do seu carro também levanta os vidros quando é acionado. Isso é importante porque, nesse caso, o alarme passa a fazer parte do circuíto elétrico dos vidros, e o defeito também pode estar nele.

Seu vidro apresenta defeito abrindo e fechando a porta? Ou com ela aberta ou somente com a porta fechada? Se ainda não percebeu isso, experimente e veja em que situação está a porta quando o defeito acontece.

defeitos-em-vidros-eletricos

Defeitos mais comuns em vidros elétricos

Em seguida sente no banco do motorista, ligue a chave do carro apenas para acender o painel, e aperte a tecla do vidro para qualquer lado. Este teste tem que ser feito quando o defeito acontece. No vão da porta você irá notar a passagem da fiação de tudo que é elétrico dentro da porta.

Defeitos mais comuns em vidros elétricos

Repare a “sanfona” preta entre a porta e o carro. Mexa nesta sanfona e ao mesmo tempo acione as teclas do vidro com defeito. Se ele funcionar ou ameaçar funcionar, o defeito é fio partido escondido nesta proteção. A solução é óbvia: conseguir acesso aos fios, encontrar o fio “quebrado” , e o reparar. O mesmo pode estar acontecendo em outra porta.

Conheça mitos sobre o alternador do seu carro nesse link!

Outro teste que você pode fazer é com o módulo do vidro elétrico. Essa peça faz parte do conjunto do alarme do carro e é responsável pelo levantamento dos vidros quando acionamos o alarme. São vários os modelos no mercado e podem se distinguir na aparência.

 

defeito vidro

Dentro desta peça encontramos dois relés que são responsáveis por energizar os vidros. Ele é instalado como se fosse uma ponte entre os fios dos vidros elétricos.  Um, ou os dois relés desse módulo, pode dar defeito. Encontre uma caixa parecida com a de cima e experimente limpar a pinagem. Outra maneira é dar umas leves “pancadinhas” nele e ao mesmo tempo acionar as teclas dos vidros. Se o defeito sumir, basta trocar este módulo. É bom saber que, quando o motor do vidro está quase queimando, ele esquenta e impede a central (ou módulo) de enviar corrente para o próprio motor, que as vezes funciona outras não, ou até param de vez.

No mais, se nenhum desses testes solucionar o caso, o forro da porta deverá ser retirado. Mas isso cabe a um eletricista especializado fazer. Um fator bem importante em vidros elétricos é a segurança. Nesse caso estamos falando de possíveis acidentes com o sobe e desce desse equipamento. Literalmente como ocorrer esmagamentos de partes do nosso corpo, como os dedos. Veja nesse LINK  a solução para esse tipo de risco.

 

 

 

Please follow and like us: