É cada vez mais comum acontecer chuva de granizo no Brasil. Simplesmente não existem mais estação, quente ou fria, nem horário para acontecer. Pode cair pedra de gelo do céu em pleno inverno e de madrugada. Sempre vai ser algo imprevisto e assustador por causa do grande estrago que acontece com essas chuvas de gelo. E isso também inclui o nosso carro. Igualmente, pequenas pancadas em portões e colunas de prédio podem acontecer. O que fazer com esse pequenos amassados? Recorrer a uma lanternagem e pintura? É algo caro, sem sentido nesses casos. Então inventaram o martelinho de ouro, uma solução mais rápida, limpa, e de custo menor. Para se ter uma ideia, muitas vezes o custo de uma franquia de seguro para reparos assim pode ser mais cara do que usar os serviços de martelinho de ouro. Aliás o que antes era algo quase artesanal virou oficina. Existem muitas especializadas em martelinho.

Martelinho de Ouro

Quando recorrer  a esse serviço?

Existem seguros que se “dizem total” ou que cobrem todos os tipos de acidentes. Mas nem sempre é assim. O contrato pode ter entrelinhas e estipular uma franquia para reparos que incluem pequenos amassados provocados por uma chuva de granizo e pequenos acidentes. Já foi algo interessante pagar a franquia para esse tipo de conserto. Mas com o tempo o custo do martelinho de ouro diminuiu, deixou de ser uma novidade. Por isso o preço de uma oficina especializada pode ser menor que a franquia. Também quem não tem seguro irá recorrer a serviços pagos. A vantagem nesse caso é o uso da barganha e a possibilidade de escolher a oficina. No caso do seguro, a operadora tem oficinas credenciadas.

Como funciona o martelinho de ouro?

Basicamente é uma técnica – aperfeiçoada com o tempo – de consertar amassados sem o uso de lanternagem e pintura. Foi algo desenvolvido por necessidade das oficinas de lanternagem o que envolveu muita tentativas e erros. Esse aperfeiçoamento criou um serviço muito rápido. O que antes demorava dias passou a ser de horas e com excelente resultado. O preço também foi “aperfeiçoado” para o bem do consumidor.

Martelinho de Ouro

Chuva de granizo

Quais ferramentas são usadas e para que servem?

É um serviço manual, bem artesanal, e que usa de poucas ferramentas. O talento do profissional é fundamental. É uma técnica inicialmente usada pelas fábricas para recuperar pequenos amassados durante a montagem de seus carros. As ferramentas mais usada são:

  • Soprador térmico. É um “secador de cabelo grande” que pode ser usado em partes plásticas ou similares que amassaram.
  • Politriz. Basicamente serve para o polimento, o acabamento que deixará seu carro parecendo novo.
  • Ventosas ou chupetinhas. Servem para puxar o amassado sem danificar a pintura e lataria. Existem de vários tamanhos.
  • Haste ou martelinho. É de onde vem o nome da técnica. É usado para aplicar pressão suavemente na parte de trás do amassado.

Veja aqui mais sobre ferramentas de martelinho de ouro

Existem muitas oficinas de martelinho. Por isso a escolha tem que ser bem feita. Uma sugestão é procurar referências de amigos que já fizeram esse serviço e gostaram do resultado final. Ouvir opiniões em grupos de reparos automotivos também pode ajudar. nem sempre a maior oficina vai é ser a melhor.

Você precisa de um seguro de automóvel que seja bom, eficiente, mas que não custe os olhos da cara? O Mãos ao Auto tem uma parceria com a Compara Online, site que faz a comparação, em minutos, dos preços e coberturas das principais seguraduras e acha o melhor custo/benefício para seu carro. Para isso, basta clicar aqui e seguir o passo a passo.