Bateria de Caminhão e sua carga

Muitos perguntam se pode instalar uma bateria mais forte em um carro. A pergunta é sempre baseada na conclusão que, sendo o alternador mais fraco, não se deve instalar uma bateria maior ou com capacidade maior de carga. O argumento é bom, mas o exemplo, pelo menos do passado, não apoia essa teoria. Como assim? Até alguns anos atrás, o alternador mais forte do mercado era de 35 A, quando usado usado no seu máximo. Hoje existem no mercado alternadores que chegam a 150 A, ou mais, se forem peças preparadas, como aqueles que carregam baterias de som profissional. Durante a história automobilística  existiram alternadores com menores ou maiores capacidades do que algumas baterias do mercado. Um bom exemplo disso são as baterias de caminhão, os antigos, que eram equipados com baterias de 150 A e possuíam um alternador de apenas 35 A.

Bateria de Caminhão e sua carga

Repare o tamanho de uma bateria de caminhão
Repare o tamanho de uma bateria de caminhão

Dificilmente uma bateria dessa arriava por ter um alternador mais fraco. O que explica isso? Como esclarecemos em outro post, uma bateria pode ser comparada com uma caixa de água, e o alternador com uma bomba ou com a pressão da água que vem do cano da rua. Enquanto tudo estiver ok, então a boia da caixa vai permitir a entrada de água apenas para completar o que já foi gasto. O mesmo acontece com um carro ou com um caminhão. O regulador de voltagem, peça que fica dentro do alternador e tem um função parecida com a da boia, controla a entrada de corrente que  que foi gasta da bateria.

Este o regulador de voltagem, a "boia" da bateria do seu carro
Este é um  regulador de voltagem, a “boia” da bateria do seu carro

Ou seja: a bateria sempre vai estar carregada, sem esforço, não importa o tamanho. Isso é assim porque o que falta de energia na bateria é sempre o mínimo – isso em condições normais de uso. Mas por que a bateria de caminhão é maior do que a de um carro de passeio? Simples. Por causa da força elétrica que precisa para fazer o motor pegar. Tudo em um caminhão é maior, inclusive o motor de partida. Embora o princípio de funcionamento dele seja o mesmo do arranque de um carro, suas peças são maiores por causa do motor (do caminhão) maior, e por serem movidos a diesel, combustível com maior dificuldade de ignição. Uma bateria maior, ou com placas de chumbo mais largas, tem maior capacidade de corrente de partida. Então o que é uma bateria de caminhão? Ela é uma bateria de carro aumentada. Mais chumbo, mais ácido, mais densidade e portanto mais energia/hora ou de partida como dito acima. Apenas a voltagem (12 volts) é a mesma. Quando se deseja uma bateria de 24, basta ligar em série duas de 12. O preço também é bem maior. Elas são fabricadas com 150, 170, 200, e até de 220 amperes/hora. Maior do que isso são chamadas de “baterias mentirosas”, pois suas placas não caberiam dentro de um caixa comum de bateria de caminhão. O certo, ao comprar uma, é verificar a presença do selo do INMETRO, e de preferência ser um produto de fábrica com bom nome no mercado (normalmente as mesmas que fabricam baterias Top para carros de passeio).

Please follow and like us:

This article has 7 Comments

    1. Olá Julio. Sim, a pioneiro tem crescido muito e gosto dela. O preço é bom e assistência aqui em bh é boa. Creio seria que uma boa opção. Mas é evidente que uma Moura é top, porém é para quem está disposto a gastar mais em uma bateria.

  1. Olá Fernando, gostei muito da sua coluna e já estou tentando tirar umas dúvidas, gostaria de saber se poderia me ajudar…. meu caminhão utiliza duas baterias, as duas foram testadas e uma delas está em bom estado e outra não está táo bem assim…. recentemente tenho notado um problema com o carregamento das baterias, uma noite percebi que a iluminação do painel estava mais fraca e o rádio começou a desligar, desliguei o farol e o rádio retornou…isso já aconteceu outras vezes….percebi que há algo errado, meu raciocínio seria que o alternador não está carregando o suficiente pois a partir do momento que o motor está funcionando ele deveria suprir a necessidade elétrica do veículo….o fato de uma das baterias estar com problema significa que ela não vai guardar a carga de um dia pro outro.
    Detalhe, enquanto o veículo estava funcionando medi a voltagem na bateria com voltímetro, estava em torno de 13,6v mas me lembrei que o farou não estava ligado neste momento, vou refazer o teste.
    O que acha? obrigado.

    1. Olá Guilherme. Seja bem-vindo ao nosso site. Me parece ser problema de carga do alternador, pois com ele ligado as baterias passam a ser a reserva de energia e ele sustenta a parte elétrica. Tem que medir ele com tudo ligado. De preferência desligue a bateria ruim, pois pode interferir na medida. Basta desligar o negativo dela e medir com o multímetro na outra bateria. A medida ideal seria entre 13,5 a 14,8 Volts. Também, fique atento a luz de bateria. Ela é a única referência do funcionamento do alternador. Se acender, ele não está carregando. Forte abraço e sucesso por aí!

  2. Olá Fernando, fiz como indicou. Desliguei a segunda bateria, liguei o veículo e deixei os faróis e rádio ligados, medi na primeira bateria e deu 13,6 v, acho que está normal não é? Recentemente reapertei os bornes e sinceramente não voltou a apresentar aquele problema de falta de carga. Aparentemente está carregando normal, então vou apenas trocar a segunda bateria que como falei anteriormente já foi testada e estava 50 por cento….obrigado

    1. A medida com tudo ligado está boa e deveria manter tudo funcionando. Mas fique atento a um possível defeito intermitente. Ou seja: o alternador pode falhar e voltar a funcionar com o caminhão rodando. Ele de modo algum pode deixar a parte elétrica fraca. Se isso acontecer de novo, reforce os negativos e positivo do alternador e troque o regulador de voltagem que quase sempre é responsável por este defeito intermitente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *