Mãos ao Auto https://www.maosaoauto.com.br Sat, 23 Jun 2018 20:20:15 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.9.6 111956987 Óleo 5w30 https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/oleo-5w30/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/oleo-5w30/#comments Thu, 21 Jun 2018 00:47:12 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11275 Na hora de trocar óleo do nosso carro sempre aparecem dúvidas, principalmente com o tipo correto que devemos aplicar. Para isso existe a nomenclatura que acaba confundindo mais ainda o motorista. No caso do óleo 5w30 temos mais uma delas. Nesse post vamos esclarecer – entre outras coisas – qual a diferença desse óleo de motor […]

O post Óleo 5w30 apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
Na hora de trocar óleo do nosso carro sempre aparecem dúvidas, principalmente com o tipo correto que devemos aplicar. Para isso existe a nomenclatura que acaba confundindo mais ainda o motorista. No caso do óleo 5w30 temos mais uma delas. Nesse post vamos esclarecer – entre outras coisas – qual a diferença desse óleo de motor para outros.

Tipos de óleo

Existem três tipos básicos de óleo para motor de carro: mineral, semi-sintético e o sintético. Esses são os encontrados no mercado e atendem praticamente 100% da frota brasileira de carros. O óleo mineral é do tipo bruto. É produzido logo depois de ser refinado. Pouco recomendado para veículos modernos, mas aplicados em carros antigos ou que rodaram muito e estão “cansados”, ou com alta quilometragem. A viscosidade explica isso (leia mais a frente).  O óleo semi-sintético é uma mistura do óleo mineral com o sintético, basicamente para baixar o preço dele no mercado. Já o óleo sintético foi criado por cientistas para trabalhar em uma série de condições de temperaturas, ajudando na proteção do motor e até na economia de combustíveis. É nesse segmento que entra o óleo tipo 5w30.

Óleo 5w30

O óleo 5w30

Esses números ou nomenclatura que encontramos nas embalagens de óleo de motor representam a viscosidade do produto. Essa viscosidade varia para a aumentar a eficácia do óleo nas várias condições de trabalho e temperatura que o motor pode sofrer. É a fluidez do óleo. Essa nomenclatura é quase sempre de dois números separados pela letra W (por exemplo: 5w30). Essa letra representa o grau ou a escala de temperatura de trabalho, no caso, inverno ou frio. Em temperatura ambiente, por exemplo, o óleo 5w30 é excelente para a partida do motor, que é o significado do número 5.

Óleo 5w30

 

O número 30 significa a viscosidade do óleo em trabalho, com o motor quente. Nesse situação ele é eficaz mais viscoso (30) e não queima ou se desgasta dentro do motor de forma mais rápida. O motor fica bem lubrificado. Não seria assim se o número 5 da escala de viscosidade  continuasse depois do W (5w5, por exemplo). Resumindo: quanto maior for o número da embalagem, maior vai ser a viscosidade do óleo.

Siga sempre as orientações do fabricante do seu carro. Troque o óleo de acordo com o recomendado ou não troque o óleo sem uma recomendação experiente, de oficina recomendada.

O post Óleo 5w30 apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/oleo-5w30/feed/ 4 11275
Carro parado gasta bateria? https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/carro-parado-gasta-bateria/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/carro-parado-gasta-bateria/#respond Sun, 17 Jun 2018 15:33:22 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11258 Sim, um carro parado gasta bateria. Antigamente era mais demorado, mas um carro moderno  tende a descarregar uma bateria mais depressa por ficar parado. Quanto mais tempo parado, mais sua bateria descarrega. Mesmo com as baterias mais fortes de hoje em dia, um sistema elétrico de carro consegue descarregar até baterias de 90 ah com […]

O post Carro parado gasta bateria? apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
Sim, um carro parado gasta bateria. Antigamente era mais demorado, mas um carro moderno  tende a descarregar uma bateria mais depressa por ficar parado. Quanto mais tempo parado, mais sua bateria descarrega. Mesmo com as baterias mais fortes de hoje em dia, um sistema elétrico de carro consegue descarregar até baterias de 90 ah com alguma facilidade. Tudo é uma questão de tempo. 

Carro parado gasta bateria?

Por que é assim?

Como dito acima, novas tecnologias elétricas e eletrônicas foram instaladas nos nossos carros. O problema é que basicamente o sistema de carga pouco evoluiu, principalmente a relação ampere/hora das baterias. Os alternadores até evoluíram, conseguindo repor de forma mais rápida a carga da bateria. Mas quando a questão é tempo parado, com a bateria conectada aos seus cabos, é preciso lembrar que o alternador não está atuando. A bateria fica por sua conta – ou por sua carga já acumulada.

Muitos sistemas elétricos dependem da bateria 24 horas. Estima-se que a bateria perde cerca de 3% da sua carga por dia. É evidente que a somatória de dias que o carro ficou parado vai desequilibrar a carga a bateria (acúmulo de descarga) que passa a não conseguir virar o arranque do carro. Por sinal esse arranque é a peça elétrica que mais exige da bateria. Por isso é usado poucas vezes, somente no momento da partida, não sendo algo mais constante como o farol do carro, por exemplo.

Carro parado gasta bateria?

O que fazer?

No caso do carro ter que ficar parado por um motivo qualquer, e com certa frequência, existem algumas ações que podem ajudar a preservar a carga da bateria. Veja algumas na lista abaixo:

  • Manter a bateria em dia. Como assim? Não deixe ela ter mais de dois anos de uso. O tempo é implacável com uma bateria e seus componentes internos. Elas podem descarregar até em uma prateleira de loja se não houver manutenção do fabricante.
  • Se possível desligue o negativo da bateria quando for deixar o carro parado por alguns dias. Isso vai ajudar a preservar a carga pois a bateria ficará em descanso. Mas é muito importante saber se o tem algum impedimento para isso. Alguns carros simplesmente não podem ficar desconectados da bateria. O manual informa se isso pode ocorrer na parte que explica sobre a bateria. No mínimo o rádio pode ser afetado, exigindo um código posterior.
  • Peça a alguém que ligue o carro. Um vizinho ou parente pode ligar o carro com frequência. Dez minutos por dia em marcha lenta mantém a bateria carregada.

Mas também pode ser defeito no carro. Algo pode estar roubando a carga da bateria de forma mais rápida. Outra dica é aplicar uma carga lenta na bateria. Em carros parados isso é essencial para preservar a carga dela. O alternador é um repositor de carga e não um carregador de bateria. No caso da bateria descarregar, a carga lenta vai restabelecer ela. Uma bateria não estraga por estar simplesmente descarregada. Mas quanto mais nova, maior a chance de recuperação.

O post Carro parado gasta bateria? apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/carro-parado-gasta-bateria/feed/ 0 11258
Vela de Ignição – Como funcionam e quais são os principais defeitos https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/vela-de-ignicao/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/vela-de-ignicao/#respond Tue, 12 Jun 2018 21:32:36 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11240 A maioria dos motores de automóveis são a combustão de gasolina ou álcool, ou os dois. Para que ocorra a queima temos várias peças. Entre elas a vela de ignição, a responsável final pela explosão do combustível. Até em carros a gás (GNV) a vela de ignição é fundamental. A função de explodir explica o […]

O post Vela de Ignição – Como funcionam e quais são os principais defeitos apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
A maioria dos motores de automóveis são a combustão de gasolina ou álcool, ou os dois. Para que ocorra a queima temos várias peças. Entre elas a vela de ignição, a responsável final pela explosão do combustível. Até em carros a gás (GNV) a vela de ignição é fundamental. A função de explodir explica o nome dessa peça: vela de ignição, e é assim desde que foi inventada. Seu formato também pode lembrar uma vela comum. Em inglês é conhecida como “sparking plug” ou plugue de faísca.

É exatamente esta faísca que caracteriza sua função de explodir ou iniciar a ignição para que o motor do seu carro funcione. Por isso ele também é conhecido por motor a explosão. A localização das velas é no bloco do motor, atarraxada nele e com um cabo elétrico em cima. São os cabos de velas. Cada cilindro do carro tem uma o que define o número de velas de ignição de um motor.

Como funciona?

O princípio básico é o mesmo de quando foi inventada. Uma corrente elétrica de alta tensão vem da bobina e é distribuída pelos cabos. Como a vela já está aterrada no bloco, ocorre a faísca e a explosão do combustível. Nos carros mais modernos o princípio é o mesmo. Porém, a eletrônica é usada em larga escala eliminando o distribuidor, rotor, etc. A bobina continua existindo, mas com novas tecnologias. Alguns modelos possuem uma bobina por cilindro ou por vela de ignição.

Nesse caso, de carros mais modernos, um defeito em vela, cabo ou bobina, pode acender a luz de injeção e ser diagnosticado com um scanner automotivo ou um computador apropriado.

Defeitos e sintomas

Já no caso de carros mais antigos, sem a tecnologia de injeção de última geração, alguns sintomas podem ser observados pelo motorista no caso de falha. São eles:

  • Aumento de consumo de combustível. Se tem muito tempo que as velas não são trocadas o consumo pode aumentar sem o carro simplesmente falhar. A troca das velas e cabos melhora muito a economia de combustível.
  • Carro falhando. também é conhecido por “motor rateando ou mancando”. Quando na lenta parece que vai apagar. Mas ao acelerar o motor, ele fica “soprando”. isso acontece porque uma ou duas velas podem falhar e o carro fica sem o cilindro correspondente. As velas e cabos devem ser trocados.
  • O carro simplesmente não pega. Mas nesse caso ou ele já vem falhando ou pode ser defeito na bobina (s).

Vela de Ignição

Na prática as velas devem ser trocadas dentro da manutenção programado do motor. O manual do carro sempre informa quando deve ser. Na falta do manual, o próprio fabricante das velas estipulam uma quilometragem para a troca. Do mesmo modo que acontece com qualquer peça, a marca é fundamental. Dê preferência as originais e cuidado com as velas falsificadas. Sim, elas existem. Procure uma loja conceituada para comprar as velas do seu carro.

O post Vela de Ignição – Como funcionam e quais são os principais defeitos apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/vela-de-ignicao/feed/ 0 11240
Farol de milha – Como funciona? https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/farol-de-milha-como-funciona/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/farol-de-milha-como-funciona/#respond Fri, 08 Jun 2018 21:42:42 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11220 Muitas vezes um motorista desconhece a presença do farol de milha no seu carro. As vezes até sabe da sua existência, mas não sabe ligar. É assim porque sempre existem dúvidas sobre esse acessório como: quando devemos usar o farol de milha? Farol de milha e de neblina são a mesma coisa? O farol de […]

O post Farol de milha – Como funciona? apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
Muitas vezes um motorista desconhece a presença do farol de milha no seu carro. As vezes até sabe da sua existência, mas não sabe ligar. É assim porque sempre existem dúvidas sobre esse acessório como: quando devemos usar o farol de milha? Farol de milha e de neblina são a mesma coisa?

O farol de milha também é conhecido como farol auxiliar, assim como o de neblina. Sua função é literalmente auxiliar o motorista em determinadas situações de direção noturna, como neblina na pista ou local ou noite muito escura. São acessórios opcionais de fábrica, mas quase sempre são instalados como cortesia ou por fazer parte da linha de montagem.

Evidentemente que são regulamentados por lei, que exige especificações baseadas em pesquisas. Quando saem de fábrica são permitidos por lei. O problema pode ser com aqueles que são instalados fora da fábrica ou de uma autorizada. Eles podem tirar a originalidade elétrica do carro, o que é bem questionável. Uma dica é saber se o carro tem os opcionais, mas não foram instalados na fábrica. Nesse caso basta instalar seguindo os padrões da montadora, que não são difíceis.

Como funcionam?

O farol de milha teoricamente deveria iluminar uma milha a frente do carro (cerca de 1,6 km). É um farol para alcançar uma distância maior que o farol baixo, principalmente em noites bem escuras. São dois e quase sempre ficam no para-choque dianteiro em posição pré-determinada. Costumam usar lâmpadas de 55 watts ou de Xenon, no caso de carros mais modernos. Esse tipo de farol (xenon) tem uma regulamentação muito exigente.

 

Farol de milha - Como funciona?

O farol de neblina pode ser mais amarelado

Já o farol de neblina é para situações de nebulosidade na pista. Deve ficar em posição mais baixa que o farol de milha com o foco virado mais para o solo. Funciona como um leque de luz ajudando na condução de todos no local (imagem acima). Também é usado em dia de chuva intensa.

Ambos são acionados por interruptores no painel ou no próprio comando do farol. Mas usam símbolos bem fáceis de identificar qual é qual. O farol de milha deve acender com o farol alto e quase sempre também usa a corrente da luz de posição. Não deve ser usado em separado, pois pode atrapalhar o motorista que está vindo em sentido contrário. Os principais defeitos são: lâmpada queimada, fiação, fusível queimado, ou relé auxiliar com defeito.

O post Farol de milha – Como funciona? apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/farol-de-milha-como-funciona/feed/ 0 11220
Pisca-alerta do seu carro https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/pisca-alerta-do-seu-carro/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/pisca-alerta-do-seu-carro/#respond Mon, 04 Jun 2018 15:50:35 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11165 Como usar o pisca-alerta? Pode ser em qualquer situação? Para que serve ? Quem nunca achou que em uma situação de emergência ligar o pisca-alerta do carro parece que resolveu todos os problemas? Pode ser um pequeno acidente, uma pane súbita, e até uma manobra aparentemente mais difícil. Não resolve, mas ajuda em alguns casos. […]

O post Pisca-alerta do seu carro apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
Como usar o pisca-alerta? Pode ser em qualquer situação? Para que serve ?

Quem nunca achou que em uma situação de emergência ligar o pisca-alerta do carro parece que resolveu todos os problemas? Pode ser um pequeno acidente, uma pane súbita, e até uma manobra aparentemente mais difícil. Não resolve, mas ajuda em alguns casos. Mas a realidade é que também existem regras de uso do pisca-alerta. Inclusive está regulamentado pelo código de trânsito.

Como funciona o pisca-alerta?

É um acessório muito simples de usar. Sua instalação e cor são bem obvias o que o deixa bem a mão do motorista. É sempre uma tecla de tamanho médio e bem visível. Sua cor é padrão, assim como seu símbolo. Temos um triângulo na forma ou desenhado na tecla, que sempre é de cor vermelha.

Ele pode ficar o painel do carro, bem a vista do motorista. Mas é mais comum ficar atrás do volante onde dizem chamar mais a atenção na hora de usar o pisca-alerta. Basicamente funciona apertando a tecla tanto para ligar como para desligar. Mas um defeito nele pode afetar outros acessórios, como a seta, por exemplo. Quase sempre o concerto dele requer a troca, o que pode encarecer a peça de acordo com o modelo do carro. Alguns podem ser consertados.

Quando podemos usar?

O pisca-alerta é um item obrigatório de fábrica. Todo carro tem que ter um a partir do ano que se tornou obrigatório a instalação dele. Mas também podemos instalar um em carro  mais antigo, aqueles que a ” lei não alcança”, por direito adquirido. O pisca-alerta foi inventado para situação de emergências e já existia antes de ser obrigatório. Mas não pode ser usado com o carro em movimento e sim em caso de paradas de emergências.

Por exemplo: em acostamentos de estradas é obrigatório ligar o pisca-alerta. É usado sempre em situações que obrigam o motorista a parar o carro, como quando o carro morrer em via pública ou apresentar defeito. São situações onde o pisca-alerta pode evitar acidentes. Mas usar o pisca-alerta em fila dupla, em comemorações junto do uso de buzina, é proibido, e pode gerar multas e perda de pontos na carteira.

O post Pisca-alerta do seu carro apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/06/pisca-alerta-do-seu-carro/feed/ 0 11165
Motos – Capacetes e novas tecnologias https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/motos-capacetes-e-novas-tecnologias/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/motos-capacetes-e-novas-tecnologias/#respond Fri, 01 Jun 2018 01:59:18 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11189 Capacete de motos e novas tecnologias Já pensou ter informações digitais na viseira do seu capacete? Endereços, orientações de GPS, e até avisos reais do que está acontecendo atrás de você, tudo ao vivo, possibilitando maior atenção no trânsito a sua frente? Ficção científica? Não, guardada as devidas proporções, essa nova tecnologia já está sendo […]

O post Motos – Capacetes e novas tecnologias apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
Capacete de motos e novas tecnologias
Já pensou ter informações digitais na viseira do seu capacete? Endereços, orientações de GPS, e até avisos reais do que está acontecendo atrás de você, tudo ao vivo, possibilitando maior atenção no trânsito a sua frente? Ficção científica? Não, guardada as devidas proporções, essa nova tecnologia já está sendo projetada. Todo essa tecnologia visa aumentar a segurança e está bem perto de ser uma realidade.
Usar capacete é obrigatório ao pilotar uma moto por ser um equipamento essencial de segurança, diminuindo muito os acidentes fatais.

Mas estudos indicam que essas novas tecnologias podem ajudar ainda mais a salvar vidas. São os chamados “Capacetes inteligentes”.Neste post trataremos de alguns avanços tecnológicos bem promissores, que podem até influenciar em mudanças da legislação de trânsito do nosso país. A obrigatoriedade do uso de capacetes assim, com certeza, é uma mudança que virá com o tempo.

Motos - Capacetes e novas tecnologias
Capacetes inteligentes
Aplicativos para áudio. Sim podemos ter aplicativos personalizados que usam os métodos de transferência de informações (como bluetooth). Podemos receber chamadas através do capacete já conectado ao telefone. Também pode haver comunicação com o carona sem a necessidade de gritar ou se distrair com a conversa. Também existem aplicativos que podem reduzir o barulho da rua, do motor da sua moto. Isso pode diminuir o cansaço, principalmente em estradas e viagens longas.

Motos - Capacetes e novas tecnologias
Viseira com informações
Não é algo futurista. Já existem capacetes chegando no mercado com um sistema chamado de “Built-in ar”. Sensores serão colocados dentro do capacete com a capacidade de avaliar o comportamento do piloto, como excesso de velocidade, o número de freadas e até o número de freadas bruscas, além de curvas fechadas feitas pelo piloto. Direto na viseira o piloto vai saber até as condições do tráfego e qual melhor atitude ele pode tomar. Tudo isso também é chamado de realidade aumentada.

Câmeras de segurança
Será possível ter uma visão em tempo real de 360 graus através de câmeras que transformarão a viseira em um acessório de ampla visão. Isso vai simplesmente eliminar pontos cegos que são grandes causadores de acidentes. Ainda como item de segurança, alguns capacetes podem ser equipados com uma terceira luz de freio sem fio e usando leds.

Outra novidade será um sistema que entrará em contato com alguém via internet ou telefone em caso de acidente. Isso é muito importante quando é uma viagem solitária, por exemplo. Sem contar que as imagens serão gravadas para uma análise posterior.
Muitos sonham com o lançamento de um capacete assim. Mas não é algo muito longe de acontecer. Tecnologia existe, basta um investimento das fábricas e um preço razoável para o consumidor final. Sim, o preço no Brasil vai ser essencial.

O post Motos – Capacetes e novas tecnologias apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/motos-capacetes-e-novas-tecnologias/feed/ 0 11189
Carro Fumando https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/carro-fumando/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/carro-fumando/#comments Mon, 28 May 2018 00:16:52 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11145 Quase sempre a fumaça que sai na descarga do carro preocupa o motorista quando chama atenção. O normal é uma fumaça mais branda, típica de queima combustível. Pelo menos deveria ser assim, afinal ali é o escape, local de saída de fumaça. Mas com a qualidade do nosso combustível não seria surpreendente sair fumaça vermelha […]

O post Carro Fumando apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
Quase sempre a fumaça que sai na descarga do carro preocupa o motorista quando chama atenção. O normal é uma fumaça mais branda, típica de queima combustível. Pelo menos deveria ser assim, afinal ali é o escape, local de saída de fumaça. Mas com a qualidade do nosso combustível não seria surpreendente sair fumaça vermelha na descarga. Mas, o que significa um carro fumando?
Mesmo com os modernos sistemas de injeção, excesso de fumaça deve ser examinado com mais cuidado. Carros novos dificilmente “fumam” por desgaste de peças internas do motor. A não ser que seja um carro muito rodado, como carros de aluguel, Taxis e Uber, por exemplo. Nesse caso eles necessitam de mais manutenção para evitar danos assim.

Carro Fumando

Qual a diferença na fumaça que sai da descarga?
Com a mistura de álcool na gasolina, ficou bem comum sair uma fumaça que mais parece um vapor, principalmente ao ligarmos o carro pela manhã. Se usamos somente o álcool, então isso é uma característica comum que desaparece a medida que o motor esquenta.
A diferença básica é exatamente a quantidade e a cor da fumaça que sai. Essa fumaça pode sugerir uma série de problemas debaixo do capo do carro, mais precisamente no motor. Se a fumaça branca sair em quantidade e com o motor já quente, então podemos ter os seguintes problemas:

  • defeitos no bloco do motor (fissuras, rachaduras)
  • infiltração de água do sistema de refrigeração pela junta de cabeçote devido a superaquecimento do motor (carro fervendo). Nos dois casos um mecânico tem que avaliar.

carro fumando

Fumaça azulada

  • Fumaça azul na descarga pode significar problema com óleo. Quer seja escura ou mais clara, esse tipo de fumaça indica problema interno no motor, quando o seu óleo está vazando para onde queima a gasolina. Por isso dizem que o carro está “queimando óleo”. Isso significa que os anéis dos pistões do motor devem ser substituídos.

Por fim, quanto mais escura a fumaça mais sério pode ser o problema no motor. Fumaça grossa e preta indica que o motor pode estar sendo inundado de gasolina ou até um simples problema com o filtro de ar. Por isso são problemas que devem ser comprovados por mecânicos e o reparo deve ser feito por especialista. O máximo que podemos fazer é trocar o filtro de ar, tentar outro tipo de combustível, evitando postos e preços suspeitos. Para evitar problemas mais graves no motor mantenha as manutenções em dia. Troque o óleo dentro do tempo correto e mande sempre verificar os níveis de óleo e água do radiador.

O post Carro Fumando apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/carro-fumando/feed/ 4 11145
Freio ABS e sua manutenção https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/freio-abs-e-sua-manutencao/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/freio-abs-e-sua-manutencao/#respond Mon, 21 May 2018 20:55:07 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11096 O freio ABS do seu carro é muito mais do que uma luz amarela com as siglas dele que aparecem no seu painel. De fato o sistema ABS é um conjunto de  freios bem diferentes do que os “normais”. Tivemos uma inovação. No Brasil foi repentina, como tudo que é inventado e testado no exterior. […]

O post Freio ABS e sua manutenção apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
O freio ABS do seu carro é muito mais do que uma luz amarela com as siglas dele que aparecem no seu painel. De fato o sistema ABS é um conjunto de  freios bem diferentes do que os “normais”. Tivemos uma inovação. No Brasil foi repentina, como tudo que é inventado e testado no exterior. É evidente que sua manutenção, mesmo que a simples troca de pastilhas, é bem diferente de outros. O freio ABS e sua manutenção exigem cuidados especiais.

Qual é a função do freio ABS?

Esse tipo de freio permite que o carro pare rapidamente e em segurança em estradas escorregadias, por exemplo, ajudando o motorista a dominar a direção. O ABS maximiza a frenagem. Através de sensores nas rodas o sistema consegue identificar se uma delas está travando na hora da frenagem e interfere através de válvulas anulando esta “travada” na roda em questão. Resumindo: ele permite que o motorista consiga frear e dirigir ao mesmo tempo.

Como deve ser a manutenção?

São manutenções específicas para o sistema ABS.

Toda vez que ligamos a chave do carro, um computador automaticamente faz um teste nos sistemas eletrônicos do carro. Esse teste inclui o ABS. Se durante o teste ele descobrir algum defeito, a luz de ABS ficará acesa no painel. Nesse momento o ABS não funcionará, mas apenas os freios normais.

Os defeitos apurados pelo comutador podem ser: bomba ou válvula hidráulica que não respondeu ao sinal enviado. Então, um computador externo ou scanner deve ser usado para descobrir ou comparar os defeitos antes de reparar.

Freio ABS e sua manutenção

Troca das pastilhas de freio

Quase todas as pastilhas de freio em carros modernos tem um sensor que avisa o momento da troca. No caso de freio ABS isso é essencial pois a pastilha não pode ficar no “osso”, quase raspando partes no disco. Trocar as pastilhas como é feito em um carro sem ABS pode danificar seriamente o sistema. A luz de ABS no painel acende imediatamente após um serviço desses, também deixando o ABS inoperante.

Freio ABS e sua manutenção

A manutenção em freio ABS exige ferramentas diferenciadas

Isso acontece por uso de ferramentas e mão de obra inadequadas. No caso do ABS um scanner deve liberar as pinças de maneira eletrônica e não com o uso de uma chave de fenda, como se faz em um freio comum. Sérios danos nas partes hidráulicas, incluindo a central do ABS, podem ocorrer. Além da troca, uma limpeza minuciosa deve ser feita e a remontagem é detalhada para não danificar mangueiras e flexíveis por onde passam o óleo de freio.

A dica é: ficar atento a manutenção recomendada; não rodar com a luz do ABS acesa, e sempre procurar mão de obra e oficina especializada em ABS, mesmo que seja para uma manutenção básica.

 

O post Freio ABS e sua manutenção apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/freio-abs-e-sua-manutencao/feed/ 0 11096
Quanto tempo dura uma lâmpada de carro? https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/quanto-tempo-dura-uma-lampada-de-carro/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/quanto-tempo-dura-uma-lampada-de-carro/#comments Wed, 16 May 2018 22:48:03 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11113 É uma pergunta moderna. Até o fim do século passado, o quanto dura uma lâmpada de carro era uma questão impensável. Todas duravam muito. Pelo menos muito mais do que hoje em dia. Uma lâmpada podia durar mais por causa dos fios grossos, ou do advento do alternador e melhorias da parte elétrica do carro. […]

O post Quanto tempo dura uma lâmpada de carro? apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
É uma pergunta moderna. Até o fim do século passado, o quanto dura uma lâmpada de carro era uma questão impensável. Todas duravam muito. Pelo menos muito mais do que hoje em dia. Uma lâmpada podia durar mais por causa dos fios grossos, ou do advento do alternador e melhorias da parte elétrica do carro. E também simplesmente pela qualidade de fábrica da lâmpada. Quanto tempo dura uma lâmpada de carro passou a ser uma preocupação moderna devido a qualidade inferior e maior uso da parte elétrica. Esse último caso é o maior responsável pela menor duração de uma lâmpada do seu carro.

Acredito que muitos logo pensam nas lâmpadas de farol e a lei mais recente , que obriga a ligar os faróis durante o dia nas estradas brasileiras, inclusive quando passam dentro de cidades. Sim, é um fato. Mas pensamos nas lâmpadas quase sempre por causa do preço maior, e a obrigação, ou costume, de ter uma durabilidade bem maior como no passado recente. Porém, evidentemente que todas as lâmpadas que acendem junto ou antes de ligarmos o farol, também serão afetadas. Estão incluídas nesse caso: os faroletes (luz de posição), iluminação de painel e até a luz de placa.

Quanto tempo dura uma lâmpada de carro?

Por que queimam mais?

A duração de uma lâmpada sempre foi medida por horas de uso, variando, como dito, pela fábrica e qualidade de materiais envolvidos. Até pouco tempo atrás as marcas eram famosas por sua durabilidade e outras por durarem menos. Melhor dizendo: ou nacionais ou importadas, essas sendo paraguaias e depois chinesas.

Mesmo com a qualidade das marcas famosas, as horas de uso dessas lâmpadas aumentaram muito, diminuindo a durabilidade delas. As importadas ficaram simplesmente inviáveis, podendo até causar outros defeitos no farol e fiação dele. Foi uma medida que simplesmente aumentou em muito a vendas de lâmpadas para carros e de todo tipo.

Explico: as marcas boas passaram a vender mais por motivos óbvios. As importadas ou tiveram que mudar  muito ou deram espaço para outras fábricas com mais responsabilidade entrarem no ramo, como a Mutilaser, por exemplo. O que tenho visto é um equilíbrio de durabilidade, variando nesse caso o preço, que não mudou em relação ao passado. As lâmpadas chamadas de nacionais continuam caras e as outras bem mais baratas. O mesmo vale para o mercado de lâmpadas tipo Led que pegou uma boa fatia do mercado. Essas tem mais efeito visual estético, um preço bom, e também melhoraram muito na qualidade. Mas a legalidade de uso delas ainda é discutível.

Quanto tempo dura uma lâmpada de carro?

O uso de faróis durante o dia aumentou a segurança nas estradas? Sim, segundo pesquisas recentes. Mas tudo tem um custo financeiro quando temos uma mudança brusca de mercado. Não podemos comparar essa situação com as do uso obrigatório dos extintores, por exemplo. Mas com certeza afetou o bolso de muitos. Será que essa lei ficará limitada somente as estradas? O que aconteceria se fosse obrigado a rodar de dia com os faróis ligados também na cidade? É um caso a se pensar.

O post Quanto tempo dura uma lâmpada de carro? apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/quanto-tempo-dura-uma-lampada-de-carro/feed/ 2 11113
Defeitos na luz de porta-malas https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/defeitos-na-luz-de-porta-malas/ https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/defeitos-na-luz-de-porta-malas/#respond Sun, 13 May 2018 22:38:00 +0000 https://www.maosaoauto.com.br/?p=11102 A luz do porta-malas é uma cortesia de fábrica. Mas ajuda muito, principalmente quando usamos o porta-malas a noite. Compras do supermercados, malas de uma viagem , ou simplesmente uma pasta ou bolsas que queremos retirar do porta-malas, são as situações onde a luz do porta-malas ajuda muito ou faz falta. Quase sempre ela vem […]

O post Defeitos na luz de porta-malas apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
A luz do porta-malas é uma cortesia de fábrica. Mas ajuda muito, principalmente quando usamos o porta-malas a noite. Compras do supermercados, malas de uma viagem , ou simplesmente uma pasta ou bolsas que queremos retirar do porta-malas, são as situações onde a luz do porta-malas ajuda muito ou faz falta.

Quase sempre ela vem instalada de fábrica ou pelo menos o local e a fiação estão por ali. Mas nesse caso ela tem que ser instalada depois em uma autorizada ou até em uma loja de acessórios. É uma peça simples tanto eletricamente como para a instalação.

No caso da luz de porta-mala existir e não acender, quais são os possíveis defeitos? Como ela acende? Veja isso nas dicas abaixo.

  • Lâmpada queimada ou ausência dela. São situações bem comuns. A lanterna dela é bem visível e fácil de ser retirada. Faça um exame visual da lâmpada e se estiver queimada troque. Na falta de uma, compre e instale. Quase sempre ela é tipo torpedo.
Defeitos na luz de porta-malas

Típica lâmpada de porta-malas

  • Fusível queimado. Também é comum. Mas é provável que ele proteja outros acessórios como luz de teto e até a tomada 12 Volts (acendedor de cigarros). Verifique se esses acessórios estão funcionando. Por fim, procure pelo fusível de iluminação do porta-malas. Se estiver queimado e o substituto também queimar, não insista com outro. Temos um curto que deve ser consertado.
  • Interruptor com defeito. Quase sempre esse interruptor fica perto da lâmpada e funciona como o da porta de motorista que acende a luz de teto. Procure por ele e repare se algum fio está solto.

Defeitos na luz de porta-malas

  • Curto na fiação. Como dito acima pode haver um curto que queima o fusível. O mais fácil de verificar é a fiação dentro do porta-malas. Procure por algum fio que pode estar encostando nas partes metálicas do carro e corrija.
  • A luz do porta-mala também pode acender pelo interruptor de faroletes (luz de posição). Muitas vezes acende com elas ou puxando o interruptor. Mas isso é mais comum em modelos mais antigos.

No caso de dúvida leve até um eletricista. Se não houver a lâmpada e lanterna procure uma loja ou um eletricista de confiança para fazer a instalação. Não é um serviço difícil de realizar.

O post Defeitos na luz de porta-malas apareceu primeiro em Mãos ao Auto.

]]>
https://www.maosaoauto.com.br/2018/05/defeitos-na-luz-de-porta-malas/feed/ 0 11102