Direção elétrica do Stilo

Ao contrário da tradicional direção hidráulica que precisa de uma correia para funcionar, a direção elétrica usa um motor, como o nome diz, elétrico, eliminando a correia. Também é ecologicamente correta por não fazer uso do conhecido óleo hidráulico. Mas a função é a mesma: deixar a direção mais leve. O que antes era hidráulico passou a ser elétrico através do giro de um motor interno. Quanto mais exigida a direção, mais esse motor gira.

Direção elétrica do Stilo

Foto ilustrativa

Desse modo, esse sistema de direção passa a depender de outros recursos, como a eletricidade e seus circuitos. Isso pode envolver fiação, relés, carga da bateria, e atuadores eletrônicos. No caso do Stilo da Fiat essa direção existe quase que no mesmo tempo da sua invenção e aplicação, que foi no ano de 1999 na Itália. Foi implantada no Brasil em 2003. Um Stilo 2004 já saiu com direção elétrica.

Direção elétrica do Stilo e possíveis causas de defeitos

Podem ser várias as causas. Pode ser uma delas ou até mais. Quase sempre é um serviço que pode dar dor de cabeça para o profissional e o dono do carro. Abaixo damos algumas dicas sobre isso.

  • Fusível. Sim, existe um fusível da central da direção elétrica que pode queimar. Ele fica na caixa de fusíveis no compartimento do motor, ao lado da bateria. É chamado de F 02 MAXFUSE. É um fusível grande de 70A. Também examine sua base.
  • Bateria fraca. Mas nesse caso o alternador estaria com defeito. Quando ele não carrega a bateria todo o sistema elétrico vai ficando sem carga, sem energia, inclusive a direção elétrica que endurece. Quase sempre a luz de bateria acende nesses casos. Também pode ser uma sobrecarga do alternador (carregando para mais) o que é um defeito e costuma não acender a luz de bateria. Nos dois casos a luz de injeção também pode acender. Uma bateria antiga também pode travar a direção. Ela deve ser testada.
  • Chicote da direção. Pela posição que ele fica – debaixo da bateria – principalmente em modelos mais antigos, pode acontecer interferência na rede e a direção desliga. A solução é trocar o chicote. 
  • Alta temperatura. A direção pode ser desligada se a temperatura chegar a 130 graus. Nesse caso pode ser defeito interno ou algo aquecendo ela por fora.
  • Scanner. O uso desse equipamento é essencial. Mas o correto é usar um computador de injeção com acesso a direção elétrica. Ele é mais detalhado, conseguindo diagnosticar até um fio com mau contato. Vale experimentar.

É um serviço que pode ser caro, principalmente se não houver garantia do diagnóstico que fizeram. Nesse caso não há experiência suficiente. Por isso é sempre bom conversar com o técnico sobre preço e garantias. O serviço tem ficar bom pelo preço combinado antes.

Please follow and like us:
Direção elétrica do Stilo Defeitos e possíveis causas"> Share