Não seriam 2 ou 4 portas? Por que esse “estigma” com números ímpares? Sim, o número de portas de um carro pode ser diferente do que imaginamos. E também chegou a ser uma polêmica entre os consumidores apaixonados por carros. Até a década 70 do século passado, era brega, coisa de gringo, burrice, comprar um carro de 2 portas. O de quatro portas foi o alvo principal dos críticos. O curioso era que o grande público desconhecia que já usavam, e aprovavam, carros com uma terceira porta.

Também é notório que as fábricas anunciam seus produtos como tendo 3 ou 5 portas. Até no manual do carro vem essas especificações.

Por que um carro pode ter 3 ou 5 portas?

Qual é a diferença?

Um carro é considerado de 3 portas quando o porta-malas dá acesso ao interior do carro (foto acima). O Uno antigo é um exemplo de carro com 3 portas. Quando o porta-malas tem acesso somente pelo exterior temos um carro de duas portas. Nesse post sempre nos referimos a veículos de passeio e não a utilitários, como a Kombi, por exemplo.

Já no caso de um carro de 5 portas vale o mesmo raciocínio. São quatro mais a quinta, do porta-malas, desde que ela também dê acesso ao interior do carro. Assim temos os números ímpares de portas. Em ambos os casos o vidro faz parte da porta traseira.

Também não é uma novidade. Como dito acima os consumidores e críticos se preocupavam com a estética dos modelos de 4 portas sendo que outros já existiam. Temos como exemplo o Velho Passat fabricado com 3 e 5 portas. O Escort antigo da Ford também foi fabricado com modelos assim.

Já as vantagens podem ser mais volume, maior alcance de espaço interior, inclusive por dentro do veículo, sem a necessidade de sair do carro e abrir o porta-malas. Quase sempre o banco traseiro é dobrável possibilitando o transporte de algo maior. Por esses e outros motivos os carros com numero ímpares de portas foram sendo assimilados pelo mercado e hoje são fabricados em grande número. É um carro de família, mas com a mobilidade de um compacto.

Por que um carro pode ter 3 ou 5 portas?

Please follow and like us: