A iluminação do painel de carro pode apresentar defeitos como, por exemplo, não acender parcialmente (metade do painel fica apagado) ou simplesmente escurecer tudo. Essa iluminação de painel é essencial para conduzir a noite, pois como acompanhar a velocidade e outras informações do painel sem iluminação? Isso pode causar acidentes por distração.

Por ser o painel uma peça única com várias funções, um problema na iluminação dele pode exigir os serviços de um profissional. Mas existem alguns procedimentos que o próprio dono do carro pode fazer antes de recorrer a uma oficina. O primeiro passo é se informar pelo manual do carro, procurando pela caixa de fusíveis. Abaixo descrevemos alguns defeitos mais fáceis de resolver.

Iluminação do painel de carro

 

Alguns defeitos de iluminação do painel de carro

  • Fusível simplesmente queimado. Uma maneira de confirmar fusível queimado é ligar a chave de farol na primeira posição e verificar se todas as lanternas, inclusive luz de placa, estão acesas. Na maioria dos carros nacionais o fusível da iluminação do painel é um dos que protegem as lanternas.
  • Reostato com defeito. O que é isso? É uma peça que serve para aumentar ou diminuir a claridade do painel. Ela pode queimar interrompendo a corrente da iluminação do painel. É em forma de “roda” e fica perto da chave de farol, no painel, ou na capa da coluna de direção. Algumas delas são fáceis de retirar. Se ela for com dois fios, basta jampear eles (ligar um no outro) e reparar se o painel acende.

Defeitos mais difíceis de resolver

  • Lâmpadas queimadas. Nesse caso existe a dificuldade de  retirar o painel do carro. Requer certa habilidade para conseguir atingir o lugar onde estão as lâmpadas, além de ter que testá-las.
  • Mau contato na tomada do painel. Se houver acesso por baixo, pode ser um defeito menos complicado de resolver, bastando conectar a tomada.
  • Trilha queimada no painel. Além da dificuldade de retirar o painel, a trilha eletrônica tem que ser reparada ou trocar o painel inteiro.
  • Fiação com problema. É algo mais raro de acontecer. Pode ser um fio esmagado em qualquer parte do chicote. Nesse caso podemos ter um curto que queima o fusível. Se for assim, e o fusível novo queimar novamente, não insista. O curto tem que ser reparado.
Please follow and like us:
Iluminação do painel de carro Descubra alguns defeitos desse componente elétrico"> Share