Símbolos da caixa de fusíveis de carros

Ainda existe desconhecimento de alguns símbolos de fusíveis de carros. Afinal, um motorista quase sempre se limita a dirigir aprendendo leis de trânsito. Mas e se for uma situação  de emergência? O manual do carro informa onde estão os fusíveis e a recomendação é quase sempre a mesma: “Em caso de emergência”. Isso significa adquirir um conhecimento urgente para resolver um problema imediato, onde é impossível a presença de um profissional.

Muitos carros vem com o nome do acessório ao lado do seu fusível. Mas, com o aumento da importação de veículos, passaram a usar símbolos para evitar dúvidas na hora da troca. Afinal, símbolos são uma língua internacional usada muito antes do surgimento da escrita. Nesse post temos o exemplo dos símbolos da caixa de fusíveis do Corsa anos 90. Mas eles também podem ser aplicados em outros veículos.

Quase sempre os símbolos dos fusíveis e relés seguem um lógica, combinando com o acessório que é protegido pelo fusível. Então, o primeiro passo é procurar por ele. Se for um farol que apagou, procure pelo desenho de um farol, se for o rádio, procure por um desenho de rádio e assim por diante. Existe a possibilidade de ter mais de um acessório ligado ao fusível. Muitas vezes vem o símbolo dos dois. Em alguns veículos simplesmente aparece o símbolo do acessório mais visível ao motorista. O mesmo acontece com os relés. Mas nesse caso o símbolo e desenho em volta dele é maior ou vem seguido de uma letra “R”. Veja a imagem abaixo.

Tampa da caixa de fusíveis do Corsa

Alguns exemplos de símbolos universais: o farol baixo mostra claramente um farol direcionado para baixo, e o fusível do farol alto mostra o “facho” de luz voltado para frente (fusíveis 25 e 10). Isso confunde os motoristas, pois espera-se que o farol alto seja para cima. Os faroletes (luz de posição) tem um símbolo de dois faróis pequenos e com traços que parecem raios. Eles podem ser até três, quase sempre dois, e também protegem a luz de placa e a iluminação do painel (fusíveis 9 e 23 na imagem).

Outro exemplo de fusível combinado, onde aparece somente um símbolo, é o do acendedor de cigarros ou tomada de 12 Volts. Quase sempre ele é conjugado com a luz de teto. Como o acendedor de cigarros é pouco usado, quando um GPS não funciona, basta conferir a luz de teto. Se ela não acender procure pelo fusível do acendedor.

Alguns símbolos seguem o desenho de luzes do painel. Reparem o “motorzinho” do fusível 19. É o mesmo da luz de injeção amarela que aparece no painel do Corsa. Outros carros também são assim. O mesmo vale para a ventoinha do radiador. A diferença entre ela e o ventilador interno é que a do radiador tem um quadrado em volta  de uma hélice e do ventilador somente uma hélice. 

Please follow and like us: