1. É comum um carro apresentar um defeito “do nada”, sem avisar. O problema é que quase sempre o carro para e não pega mais. Um motorista, na sua inocência por desconhecimento, vê apenas uma solução: chamar um reboque. Se não temos um seguro para esse tipo de situação, a despeja já começou.

São diversas as possibilidades que podem fazer um carro parar subitamente. Algumas realmente precisam de um reboque e um mecânico. Mas outras podem ser básicas e testadas pelo motorista sem sequer precisar ligar o carro novamente para testar. O que acontece é que o simples conhecimento deixam o defeito bem óbvio.

Mas tenha em mente que ter as manutenções em dia pode ajudar nesse tipo de situação. Por exemplo: dificilmente uma correia dentada arrebenta se houver atenção com ela. Usar combustível de qualidade, trocar o óleo do motor dentro ou antes de prazos determinados também ajuda muito. Se uma manutenção regular é feita em uma boa oficina, dificilmente um carro para por causas maiores e mais sérias. Esse é o cenário para o motorista conseguir interferir no defeito sem ajuda de outros.

3 defeitos de carro que qualquer motorista deve conhecer

Fusível queimado 

Sim um simples fusível queimado pode fazer seu carro parar. Procure saber onde fica a caixa de fusíveis do seu veículo. Ela é, quase sempre acessível. Em seguida consulte o manual ou a tampa da caixa para saber qual fusível procurar. Nesse caso de pane súbita, o mais provável é que queime o fusível da injeção eletrônica ou do relé da bomba de combustível. Como é uma verificação sem equipamentos de teste, ou uma emergência, o exame visual pode ajudar como na figura abaixo.

Repare a esquerda um fusível bom e a direita um fusível queimado

Se encontrar o fusível queimado, substitua. Se queimar novamente não insista pois é caso de curto constante. Também jamais aumente a potência do fusível, mas repita a cor dele. Compre fusíveis reservas, pelo menos dois de cada cor que equipa o seu carro. O que adianta descobrir um fusível queimado e não ter o reserva? Alguns veículos possuem locais para guardar fusíveis de emergência.

Carro ferveu o motor

Nesse caso, e em veículo mais moderno, o motor pode desligar por alta temperatura. Muitas vezes esquecemos de verificar o nível de água do reservatório do radiador. Se for possível, espere o motor esfriar completamente, abra o capô do motor e procure por um reservatório parecido com o da foto abaixo. Jamais abra esse reservatório com o motor quente, mesmo que pareça frio. Existe risco de sérias queimaduras. O correto é esperar bastante tempo. Nesse tipo de defeito, verificar o nível de água e completar é a única opção ao alcance de pessoas sem experiência profissional. Não rode com o carro fervendo ou com a luz de temperatura acendendo. Preste atenção ao ponteiro de temperatura.

3 defeitos de carro que qualquer motorista deve conhecer

Bateria arriada

Nesse caso fica o conselho: leve cabos auxiliares de partida ou adquira um equipamento moderno de partida (VEJA AQUI).  Eles são bem eficazes, pequenos, e com outras utilidades como carregar celular, lanterna e outros. A prevenção é maior arma que temos para evitar panes súbitas do nosso carro. No caso de uma bateria também. Temos que saber a data de fabricação dela, de compra, e das qualidades de fábrica, se não for a original. Como ela fica longe da atenção do motorista, quase sempre é esquecida, e tem sido a causa maior de pane. Uma bateria costuma não avisar que vai estragar, principalmente em carros mais modernos. Também são raros os modelos que avisam no painel o estado da bateria. A luz de bateria é um aviso do estado do alternador e não da vida útil da bateria.

Auxiliar de Bateria

Please follow and like us:
3 defeitos de carro que qualquer motorista deve conhecer Conhecimento pode evitar despesas"> Share