Um gerador de carro é o antecessor do alternador, uma questão de evolução tecnológica dos automóveis. A maior usuária de gerador automotivo foi a Volks com seus motores refrigerados a ar. A evolução nessa linha começou quando os carros passaram de um sistema elétrico de 6 volts para 12 volts. Isso atingiu diretamente o gerador e sua capacidade.

Quando surgiu o gerador de 12 Volts, tudo melhorou no sistema elétrico dos carros da época. Mas isso significou a necessidade de mais energia, tanto na capacidade da bateria, como do gerador, que é o responsável por manter uma bateria carregada. Todo o sistema elétrico de um carro tem como alicerce a bateria e seu gerador (ou alternador), seja antigamente ou hoje em dia.

Embora seja limitado e antigo, um gerador foi projeto para o sistema original do carro que ele funciona. Isso significa que, mantendo tudo original na parte elétrica do carro, ele deve funcionar perfeitamente. Isso inclui, também, que as peças de reposição do gerador sejam originais. Ou seja: um gerador estragou, não use peças reformadas ou de marca inferior, inclusive escovas e regulador de voltagem.

Alguns donos de Fuscas e outros modelos parecidos trocam o gerador por um alternador. De fato o alternador é mais forte. Mas a diferença é pouca, a não ser que seja um alternado modificado. Outros, porém, já perceberam a alta eficiência de um gerador Bosch original e passaram a usar de equilíbrio no sistema elétrico do seu carro.

Gerador e suas peças internas. Imagem: tecno3rDMateo

Peças de um gerador de carro

  • Escovas (escobilla na imagem). São duas e bem maiores do que as de um alternador. É o principal defeito que acontece em um gerador. Quando está gasta, a luz da bateria acende mesmo acelerando muito o motor do carro.
  • Induzido. Ele é longo e bem diferente do induzido do motor de partida. Foi fabricado para girar junto com o motor, em alta rotação. É o coração do conjunto.
  • Bobinas (bobina inductora). São duas e trabalham em volta do induzido presas por um grande parafuso a parte interna da carcaça do gerador.
  • Sapatas (pieza polar na imagem). São duas peças de aço e servem para fixar as bobinas no gerador.
  • Rolamentos (cojinete de bolas na imagem). São dois, um dianteiro e outro traseiro. Ao contrário do que muitos pensam, geradores tem rolamentos e não buchas, que são peças do motor de partida.
  • Regulador de voltagem. Não está na imagem porque ele é externo. É uma caixa elétrica com bobinas que regulam a voltagem e amperagem que vem do gerador e vão para a bateria. Seria como a boia de caixa de água.

Regulador de voltagem original do Fusca/Bosch

No caso do Fusca e outros da Volks, o gerador ainda tem a polia para correia e uma ventoinha traseira que serve para refrigerar o motor do carro.

 

Please follow and like us:
O que é um gerador de carro Também é conhecido como dínamo"> Share