5 formas para você saber que seu carro está em boas mãos

Esse texto é uma gentileza do site Oficina online

Seu carro merece os melhores cuidados com os melhores profissionais. A Sua Oficina Online mostra práticas executadas nas oficinas ruins para que você fuja delas.

Quando se precisa de serviços mecânicos, sempre surge aquele receio sobre uma possível “empurroterapia”. A falta de informação faz com que os clientes desconfiem dos profissionais responsáveis, temendo possíveis golpes. Para que este medo acabe, vamos explicar cinco truques bem comuns feitos pelos prestadores de serviço que você deve evitar.

1. “É comum o mecânico ou frentista medirem o óleo quando o carro para na oficina ou posto e informar ao cliente: “o seu óleo está baixo”. Esta afirmação pode ser bastante questionável já que a medição com o motor quente deixa o líquido menos viscoso. Ele também pode estar percorrendo o motor ainda. A medição deve ser feita com o óleo frio para que ele esteja inteiro no reservatório. Recomendamos que a medição seja feita de 10 a 15 minutos após o desligamento do veículo. Lembrando que o excesso de óleo também é prejudicial e pode sujar as velas e as válvulas, além de danificar o catalisador.

O mesmo vale para o líquido de arrefecimento (água do radiador). Além de afetar o resultado da medição, fazê-la com o motor quente pode espirrar o fluido ou o vapor e acabar queimando quem estiver manuseando a peça. É preciso usar luvas grossas e óculos de proteção quando abrir o reservatório.

2. A “empurroterapia” da cambagem

A cambagem é parte importante da geometria do carro. O alinhamento completo dos veículos envolve os ângulos de convergência, cáster e câmber. Eles estão todos conectados, mas nem sempre precisam ser ajustados ao mesmo tempo.

Marcos Iombriller, gerente dos Centros Automotivos Porto Seguro, revela: “Estatisticamente menos de 1% dos carros que dão entrada nos Centros Automotivos precisam ajustar a Cambagem. No entanto, é prática do mercado mal-intencionado vender o serviço quando o carro precisa apenas do alinhamento e balanceamento”. Em função dessa prática do mercado, os Centros Automotivos Porto Seguro desenvolveram o conceito da geometria completa de suspensão, assim, se o cliente precisar da Cambagem, ela será realizada sem qualquer custo adicional ao do alinhamento e balanceamento.

5 formas para você saber que seu carro está em boas mãos

3. Você sabe o que está comprando?

Outra questão que causa grande dor de cabeça nos proprietários de carro são as peças falsificadas. Infelizmente, existem profissionais desonestos que se aproveitam da falta de conhecimento técnico dos consumidores.

Para não cair nessa furada, o primeiro passo é pesquisar preços. As peças originais são tabeladas pelas fábricas. Fique atento quando se deparar com um preço muito abaixo ou acima. Na sequência, verifique a certificação da peça na internet. As originais são registradas no Centro De Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) ou o IQA (Instituto de Qualidade Automotiva).

Por fim, solicite sempre a nota fiscal. Ela é a sua garantia caso a peça instalada não seja a que você comprou. A nota assegura o seu direito de reclamar e de processar o estabelecimento, caso haja algum problema. Vale também conferir a embalagem e saber qual o número de série da peça.

4. Almoço grátis? Acho que não!

 Lembre-se: ninguém trabalha de graça! Fique de olho caso seja oferecido um serviço com mão-de-obra gratuita, em que só serão cobradas as peças. O que está acontecendo é apenas uma transferência de custos, mostrando a falta de transparência do prestador do serviço.

Outra forma de tentar ludibriar o consumidor é divulgar uma peça muito barata, mas um complemento essencial ter um preço abusivo. O exemplo mais comum acontece nas trocas de pneus. Mecânicos mal-intencionados colocam o preço do pneu abaixo da média do mercado para atrair o cliente e depois cobram até R$40,00 pelo bico válvula que segura o ar (que é possível encontrar por menos de R$10,00).

Mais uma prática de confundir os consumidores é o escâner de carros. Aquela luz do painel que você nunca havia visto acendeu e você não faz ideia de o que ela significa. Um escaneamento do veículo pode ser necessário. No entanto, como esse serviço deve ser realmente cobrado?

Desconfie de oficinas que cobrarem a mais pelo uso do escâner. O diagnóstico é parte do serviço! Por outro lado, caso tenha ido a uma oficina apenas para realizar o escaneamento, não cobrar por esse serviço é um diferencial. Afinal, o profissional está de fato prestando um serviço e disponibilizando o espaço e recursos. O seu veículo também está ocupando o lugar e tempo de outro que já poderia estar sendo reparado.

Nossa sugestão é identificar oficinas que mostram separadamente o preço de cada item que será necessário e quanto será cobrado pela mão de obra. Na dúvida, sempre compare o valor total do serviço!

5 formas para você saber que seu carro está em boas mãos

5. Serviços e peças desnecessários

A última dica para encontrar oficinas de qualidade e confiança é eliminar aquelas que oferecem certos serviços um tanto desnecessários sem um excelente embasamento para isso. Um bom exemplo são as “revisões intermediárias”. As revisões obrigatórias são definidas no manual do carro por um motivo: elas garantem o bom funcionamento do veículo quando há o uso responsável do mesmo. Logo, revisões adicionais só podem vir a ser necessárias quando antecedem alguma longa viagem ou uso intensivo do possante.

Outro produto bastante oferecido, de forma oportunista, pelas oficinas é a limpeza preventiva de bicos injetores. Os principais fabricantes desse componente informam que os bicos produzidos a partir de 1996 não são mais suscetíveis a formação de depósitos, não sendo necessária a limpeza preventiva. O serviço só é preciso quando o motor funciona de forma irregular: consumo elevado de combustível, perda de potência do motor, dificuldade de dar partida a frio são fortes indícios. A utilização de combustível de má qualidade pode facilitar esse processo de desgaste.

Sua Oficina Online

A Sua Oficina Online é uma solução desenvolvida para trazer o mercado de serviços mecânicos para o mundo digital de forma transparente. Na plataforma é possível entender melhor o problema do seu carro, saber o preço justo do serviço necessário, encontrar uma oficina de qualidade próxima e agendar online. Com o objetivo de trazer maior transparência e paridade de informação para o segmento, é produto da Simplificaa, startup investida pela Porto Seguro e pela Plug & Play e acelerada pela Liga Ventures.”

Redação: Giulia Reis (giulia@simplificaa.com.br)

Revisão e Edição: Felipe Cyrillo (felipe@simplificaa.com.br)

Please follow and like us: