Como usar o cinto de segurança do seu carro

Pode parecer uma informação sem sentido. Afinal quem não sabe usar o cinto de segurança do seu veículo? Mas de fato, muitos não sabem. Assim como muitos motoristas não sabem trocar o pneu furado do seu carro e sequer sabem onde fica o estepe e as ferramentas. Se não conseguir trocar o pneu, no máximo vai ficar com o carro parado até um profissional realizar o serviço.  Mas no caso do cinto de segurança, o uso errado pode provocar lesões graves se acontecer um acidente. Muitas vezes são simples detalhes não levados em conta por motoristas e passageiros. Durante um certo tempo o uso do cinto de segurança foi uma polêmica. Sim, muitos achavam que usar o cinto era uma aberração. Mas era um mito, desinformação bem ao estilo brasileiro. tanto é que virou lei o uso do cinto, até então facultativo.

Por outro período de tempo surgiram as teorias de conspiração, como o tal do “enforcamento” caso o cinto fosse usado. Era uma época onde nossa bolha social se limitava a amigos, vizinhos, parentes, e talvez o uso de telefone fixo. As notícias não tinham a rapidez de hoje. Então, aconteceu uma campanha educativa organizada pelo governo e levou algum tempo para mudar a ideia do brasileiro sobre o cinto. Hoje a consciência é outra. Por isso podemos falar do uso correto do cinto de segurança.

“Segundo uma pesquisa feita por uma revista americana, o uso inadequado do cinto de segurança é um sério agravante de lesões abdominais em crianças, no caso de acidentes de trânsito.

O grande objetivo atual da indústria auto motiva mundial é o desenvolvimento da segurança através de novas tecnologias. Alguns especialistas comentam que todas as corridas  de carros, esportivas e legalizadas, são um laboratório para  essas novas tecnologias. A carroceria de um carro moderno é um exemplo disso. E há muito que os cintos dos carros de corridas são bem mais seguros que os dos veículos comerciais e familiares. Tudo é uma questão de exigência. É obvio que não é possível introduzir um cinto de um Fórmula 1 em um veículo de passeio. Mas a simulação é a mesma e tudo é proveitoso nos “testes”das pistas.

Como usar o cinto de segurança do seu carro

“Após profunda avaliação de outros acidentes, ficou bem óbvio que os principais fatores de lesão em órgãos do abdome, estão diretamente relacionados ao mau uso do cinto de segurança. O mesmo vale para adultos…”

O uso correto é suma importância. Pode salvar vidas. Embora o uso do cinto não impeça de ocorrer acidentes, ele ameniza os possíveis danos, mantém a pessoa presa em  um lugar mais protegido, como no alcance do Airbag do carro. Inclusive, os cintos mais modernos, estão ligados diretamente aos Airbag, através de um sensor de tração. Isso ajuda o Airbag a funcionar mais adequadamente.

Como usar o cinto de segurança do seu carro

O primeiro passo é sempre verificar o estado do cinto de segurança. Ele também precisa de manutenção e muitas vezes de substituição total. No caso de troca de peças, elas devem ser originais de fábrica. Afinal, elas foram dimensionadas e testadas para o seu carro.

  •  Posição incorreta no banco. O uso incorreto da posição pode causar sérios ferimentos.
  •  A parte que atinge a região do ombro do cinto de segurança deve passar sempre  no centro do ombro e nunca sobre o pescoço. Também não deve passar  por cima do braço, debaixo  do braço ou por trás das costas.
  •  A faixa inferior do cinto de segurança deve passar sempre pela região pélvica e jamais por cima do abdome.
  •  O cinto de segurança deve sempre  ficar plano. Não deixe o cadarço do cinto torcido sobre o corpo. Ajustes podem ser feitos no aperto do cinto.
  •  Mulheres  grávidas: o cinto de segurança deve passar sobre o tórax e bem abaixo do abdômen de modo que não haja pressão abdominal. Mas isso vale para todos os passageiros e o motorista do carro.
  • Jamais manter o cinto de segurança afastado do corpo com as mãos.
  • Não deixar o cinto de segurança sobre objetos presos ao corpo, como óculos e outros.
  • Grampos de retenção não devem ser usados. Eles podem alterar a atuação do cinto durante um acidente.
  • O manual do caro deve sempre ser consultado para sabe sobre ajustes do cinto, posição dos bancos e outros detalhes que podem varias de modelo para modelo. Também encontramos no manual figuras explicativas sobre o assunto.

No caso de mulheres grávidas, posição do cinto deve ser a mesma desde o início da gravidez.

Please follow and like us: