Fusíveis do Opala

Houve apenas uma mudança nos fusíveis do Opala. Os últimos modelos fabricados saíram com fusíveis bem mais modernos do que os antiquados fusíveis de vidro que equiparam “gerações de Opalas”. Evidentemente que as funções mudaram profundamente. Muitos acessórios foram acrescentados o que inviabilizou as antigas e limitadas caixas de fusíveis dos anos 60 e 70 da linha Opala Chevrolet. Essa limitação acabou transformando a fiação do Opala em um emaranhado de fios e fusíveis ligados em série. Pelo menos houve tempo e espaço para uma mudança radical, o que não ocorreu, por exemplo, com os fusíveis do Fusca. O Opala foi um carro que deveria ter continuado no mercado, pelo menos essa era a tendência que a montadora demonstrava. Essa mudança radical na proteção da parte elétrica foi um indicação disso. O Omega foi praticamente o seu sucessor, tanto no nome da pedra semipreciosa, como nas mudanças de detalhes que modernizariam o Opala. A partir do Omega, o Opala virou história, e hoje  é uma bela raridade brasileira.

opala-fusiveis

Alistamos abaixo todos  Fusíveis do Opala em suas respectivas caixas segundo o manual de fábrica.

Fusíveis do Opala

Fusíveis Opala 1974

Fusíveis do Opala 1978

Fusíveis do Opala 1992 (imagem abaixo)

Fusíveis do Opala 92
Imagem de http://manualproprietario.blogspot.com.br/

Repare as diferenças dos fusíveis dos modelos dos anos 70 com o Opala 92.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *