Bateria de Gel

Bateria de Gel

Temos recebidos pedidos para explicar a diferença entre baterias comuns e a Bateria de gel. Não sabemos se as baterias de gel serão equipamentos de fábricas do nossos automóveis. Mas percebemos algumas vantagens bem interessantes. Já falamos aqui da introdução da bateria selada, as famosas “baterias secas”, e a desconfiança que houve no mercado principalmente quando algumas explodiram e viraram boatos maldosos por todo o país. Mas a tecnologia venceu mais uma vez. Chamar uma bateria de “seca” tem um certo sentido, embora todas elas não sejam totalmente secas, com apenas componentes  mais sólidos no seu interior.

bateria-gel

Mas fica claro na imagem acima, de alguns modelos de bateria de gel, que elas podem ser viradas, o que indica que não haverá vazamentos como aconteceria em uma bateria comum. Por que? Simplesmente porque elas contêm o “gel ácido” – “sílica associada a menor quantidade de ácido”- e não aquele ácido que precisa da companhia de água ou outras soluções mais líquidas. É por isso que as baterias antigas, ou que vazam, são conhecidas por “baterias úmidas”.

bateria de - gel

Outra vantagem evidente é que não haverá corrosão devido a menor quantidade de ácido presente nas baterias de gel. Mas ele pede uma carga diferenciada e que vem bem definida em seu manual de instruções. Quanto a duração, ela pode ser maior por ser uma bateria mais resistente, tanto por fora, como na sua composição química que é mais sólida. O formato também possibilita a formação de “pirâmides” de baterias, o que aumentaria a capacidade/hora, ocupando bem menos espaço. Basta imaginar uma bateria de caminhão e o espaço que ela pede. Uma bateria de gel também tem sua pressão interna controlada por válvulas e portanto não emite gases nocivos a saúde, e, segundo a fábrica, funcionam até submersa em água. (uso náutico).

E o preço?

Esta parece ser a grande desvantagem em relação as baterias comuns. Preços pesquisados na internet podem chegar a mais de 2 mil reais – sem o frete – a peça de 75 A/hora, o que é um disparate, distanciando o uso dela pelas fábricas de automóveis.  Mas nossa distribuidora de baterias disponibiliza um preço final para o consumidor entre 1500 até 1800 reais, dependendo do tamanho. A justificativa da fábrica é que é um produto importado.

Boatos

Alguns comentários apareceram na mídia sobre uma possível proibição da bateria de gel pelo CONTRAN. Não encontramos essa informação confirmada. O que houve de fato foi a apreensão de baterias de gel que alimentavam equipamentos de telefonia, o que é um roubo. Estas sim, são proibidas. Não são encontradas no mercado de baterias automotivas e podem ser apreendidas pela polícia. Caso sério, diga-se.

bateria-de-GEL

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *