Ouvimos sempre essa pergunta em nossa oficina: bateria de carro dá choque? Ou ainda: você não tem medo de levar choque? As respostas podem ser não e sim. Por que?

Foto: cienciahoje.uol.com.b

Foto: cienciahoje.uol.com.br

Não. Uma bateria, por si só, não dá choque. Isto é fato. Mas sim, eu tenho medo de tomar um choque de um carro. A explicação é simples. Uma bateria é feita para acumular energia para alimentar todo o circuito elétrico do seu carro. Entre eles temos o sistema de alta-tensão (velas e bobinas de ignição), e o termo já se explica. Mas o risco de levar choque nesse caso é somente quando manipulamos algo por ali, como um cabo de vela, e então uma centelha pode causar um choque parecido com aquele dos antigos acededores de fogões. Inofensivos, mas que assustam.

Por que uma bateria de carro não dá choque?

Pura física, a lei de Ohm. Apesar da capacidade de armazenar energia (o famoso ampere/hora) ela é liberada de acordo com o que um circuito pede. Como o radio do seu carro, o farol, etc. Quando os acionamos a bateria atende o pedido da resistência criada. Então, se nós “nos ligarmos” a bateria, segurando nos dois polos, a resistência corporal vai ser mínima, um “supermicrochoque” e não sentimos nada. Mas isto vale apenas para contatos mais grosseiros, como com as mãos, por exemplo.

E quais são os perigos de uma bateria?

Também ela não é um brinquedo para crianças. Existem motivos maiores para se tomar cuidado com uma bateria. Primeiro: elá tem ácido corrosivo em seu interior e ele pode vazar. Curtos na fiação podem causar queimaduras sérias, e dependendo da situação ela pode até explodir. Aliás, as baterias de boa marca possuem claros avisos disso em suas etiquetas. Fique atento a eles.

Pagina_1

 

Please follow and like us: