Quando uma bateria descarrega, ou fica arriada, como dizem por aí, fazer uma chupeta é apenas paliativo, ou emergencial. Já falamos sobre isso em alguns posts do Mãos ao Auto. Muitos clientes questionam o fato de  sua bateria não suportar mais ser carregada, ou sugerem um defeito de fábrica com essa alegação. Como carregar uma bateria de carro é algo além de uma chupeta, como a da foto abaixo. Esperar que o carro carregue uma bateria é o mesmo que tentar encher sua caixa d’água vazia com um balde. Teoricamente seria uma questão de tempo para enchê-la. Mas, se o consumo de água não parar, é óbvio que o esforço vai ser em vão. O mesmo se dá com a bateria do seu carro. Carregar uma bateria é algo além de uma chupeta, como a da foto .

Como carregar uma bateria de carro

Como carregar uma bateria

A palavra “mágica” nesse caso é: descanso. Ou, ainda fazendo uma comparação, fechar todos os registros e torneiras de sua casa enquanto um mangueira fornece água constantemente até que a caixa transborde de água. Em outras palavras: uma bateria descarregada precisa de uma carga lenta e solitária. Somente assim ela irá ficar como saiu de fábrica, com carga plena, e em condições normais de uso.

Sair dirigindo seu carro, que precisou de uma chupeta na bateria, é algo arriscado. A chance dela descarregar novamente é grande, a emergência vai acontecer novamente.

Como carregar uma bateria de carro

Mas você vai precisar de muito mais do que um “balde” para encher sua bateria novamente de energia. O  tal descanso tem ser com um carregador de baterias como o da foto ao lado. Se o leitor pensou na famosa carga lenta de 24 horas, acertou em cheio. Somente ela vai deixar sua bateria nova em folha. Mas isso não significa que a bateria vai ficar um dia inteiro em carga constante. Isso vai depender da descarga que ela sofreu, da sua amperagem hora, e do carregador de baterias que vamos usar.

Fica óbvio que, para descarregar uma bateria sem defeitos, algo tem ficar ligado e esquecido, ou o carro ficar mais parado do que funcionando. Nesse caso vai levar dias para uma primeira descarga e parece que a chupeta resolveu a situação. Mas mesmo assim também é questão de tempo para acontecer de novo.

Carregador de lâmpada.

O carregador de lâmpada é um dos mais antigos que existe no mercado. A facilidade de construir um, ou o preço baixo de mercado, o fizeram bem popular. Mas ele é ineficiente. Em alguns casos, como o de uma bateria totalmente descarregada, ele não consegue entrar na bateria, sequer vai fazer “cócegas” nela. O ideal é um carregador de no mínimo 10A, para uso doméstico, ou levar a bateria até uma loja especializada onde um carregador profissional vai resolver o problema.

Como carregar uma bateria.

Em uma firma especializada, a sua bateria deve ficar 24 horas em “tratamento”. Serão 10 horas constante de carga, um descanso de mais 10 horas, um teste de descarga, e o complemento, se necessário, da carga. Tudo isso exigindo do carregador constantes 6A e 13,5 volts. Um serviço desse é eficiente, não estraga a bateria, e vai evitar surpresas desagradáveis que quase sempre acontecem em lugares e horários estranhos. O preço é irrisório se comparado com uma compra imprevista de uma bateria nova.

Please follow and like us: