Airbag: Como funciona?

Recentemente um jovem cantor de sucesso  e sua namorada perderam a vida em um trágico acidente de automóvel. Muitas foram as explicações para tentar esclarecer a situação, desde rodas não recomendadas, problemas nos freios, até erro humano. Tudo pode ser verdade, mas existem fatos inegáveis provando que, apesar da gravidade, todos poderiam sair apenas com ferimentos leves.

Quando em um acidente, não importa o tipo de acidente, alguns morrem e outros sobrevivem, isso não é apenas sorte ou interferência de inteligência superior, mas é sinal de que alguns usaram de mais sabedoria ou simplesmente estavam mais informados do que outros.

Mas este é um post sobre o Airbag. E o que tem o assunto acima com esse acessório de carro?

Airbag: Como funciona?

Foto: motordream.uol.com.br

Reparem como fica o Airbag acionado, mas sem os ocupantes do veículo. Esse acessório de segurança é disparado somente para uma direção programada pela fábrica. Ou ele abre assim, ou não funciona. Ou seja: o Airbag não é projetado para direção que o motorista ou outra pessoa deseja.

Airbag: Como funciona?

Imagem: carros.hsw.uol.com.br

Basicamente o Airbag funciona pela lógica do esquema no desenho acima. O sensor de colisão “percebe”a batida (com uma desaceleração quase instantânea), envia um sinal elétrico para o inflador e assim o Airbag é disparado, infla, e desinfla antes do impacto com a pessoa a sua frente ou de lado. O grande segredo é que tudo ocorre em uma mínima fração de segundo. Quando isso acontece o ocupante protegido vai perceber somente quando tudo já acabou.

Airbag: Como funciona?

Foto: blog.orca.com.br

 Entretanto, para que o sistema de segurança funcione e salve vidas, é necessário o uso do cinto de segurança que mantém todos dentro de um carro em seus lugares, bem na “mira” do Airbag. Deixar de usar o cinto de segurança vai antecipar o contato da pessoa com o Airbag e a força aplicada vai ser maior, com outros danos a vítima. Ou seja: cada um no seu quadrado dentro do veículo, seja na cidade, e principalmente em estradas, onde altas velocidades são atingidas e o impacto em acidentes libera uma força gigantesca; que é transferida na sua maior parte para dentro do carro, atingindo em cheio os ocupantes. Dependendo da velocidade e impacto a energia liberada é comparada, multiplicada algumas vezes, pela  força da gravidade.

É comum os motoristas e passageiros brasileiros ignorarem, ou simplesmente nem lembrar que existe um conjunto de segurança em seu carro que é de uso obrigatório. Também é bom lembrar que houve um grande avanço na tecnologia do Airbag, assim como daquele que deve ser seu companheiro: o cinto de segurança. Os dois juntos são, com certeza, os melhores amigos de viajantes e motoristas dentro de um carro moderno

 

Please follow and like us: